Agentes de endemias orientam moradores a combater o mosquito Aedes Aegypti em Boa Vista

População também deve colaborar, fazendo sua parte para eliminar qualquer tipo de depósito de água parada

Com informações de Wandilson Prata | Foto: Welika Matos

A Prefeitura de Boa Vista tem intensificado as ações no combate ao mosquito da Dengue. Mas para evitar a proliferação do Aedes Aegypti, a população também precisa – e deve – colaborar. As equipes de endemias fazem visitas domiciliares diariamente e orientam os moradores, por exemplo, para que mantenham seus quintais sempre limpos.

Maury Silveira é supervisor geral de campo de Endemias e trabalha diretamente fiscalizando e orientando os moradores sobre os cuidados que devem ser tomados com a limpeza da área externa de cada casa. Ele explica que o mosquito da dengue, antes só se desenvolvia em água parada e limpa, mas hoje a situação é bem diferente.

“Encontramos o mosquito principalmente nas fossas das residências. E todo tipo de água parada. Ele vai se desenvolver, seja na calha que cai a chuva, nas folhas, em casca de ovos, em uma tampinha de garrafa pet, dentre outros”, disse o supervisor.

Ele destaca ainda que ter o quintal limpo não é apenas capinar o mato, mas também eliminar qualquer tipo de depósito que acumule água. “Se o cidadão boa-vistense entender que estamos no período chuvoso e que ele precisa fazer sua parte em questão de limpeza. A prefeitura faz a parte dela e o cidadão a parte dele, juntamente com a equipe de endemias”.

O comerciante Joaquim Augusto de Souza, tem um ponto comercial no bairro Raiar do Sol e garante que está sempre fazendo a limpeza no quintal da casa. “A equipe de endemias da prefeitura está sempre fiscalizando o bairro. Mas para combater o mosquito, eu também preciso fazer a minha parte, assim como meus vizinhos e os moradores de outros bairros da nossa cidade”, disse.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos