Alunos de Boa Vista são selecionados para etapa regional do Concurso Cultural do Sicoob

O aluno Gustavo Almeida, do 3º Ano, se destacou no desenho e Aline Castro, do 5º ano, na redação

Por: PMBV | Foto: Wélika Matos

Convidada pelo Instituto SICOOB, a Escola Municipal Newton Tavares participou este ano da 11ª edição do Concurso Cultural da instituição. A unidade preparou os alunos do 3º e 5º Ano, para desenvolver trabalhos artísticos e literários a partir do tema “Cooperar para Transformar”. Quem se destacou foram os alunos Gustavo Almeida, na categoria Desenho, e Aline Castro, na Redação.

Ao longo dos anos, o instituto estimulou ações que visam o conhecimento desta temática aos alunos, bem como a valorização do cooperativismo entre os professores, com sugestões de estratégias para colocar o tema em debate. É um trabalho que envolve escolas, alunos e a comunidade em geral para o fortalecimento da cultura da cooperação.

A aluna Aline Castro, 10 anos, estuda no 5º Ano A. Disputou na categoria Redação, orientada pela professora Edilene Gomes. Em seu texto “Por uma vida sem poluição”, a menina expressou em palavras duas personalidades distintas, um menino que poluía o meio ambiente, sendo malvisto pelos outros e um outro que o fez enxergar o quanto isso prejudicava a vida das demais pessoas.

“Está sendo maravilhoso participar do concurso. A poluição é muito ruim e cooperar para que isso não aconteça ajuda muito a transformar nossa cidade, nosso estado e nosso país. Foi muito bom escrever sobre esse assunto. Muito feliz pela premiação que eu já ganhei. E agora esperar o resultado das outras etapas”, declarou Aline.

Como professora da turma, Edilene também vem recebendo o merecido reconhecimento pela dedicação ao concurso. “As crianças se empolgaram bastante. O tema foi bem legal de ser trabalhado, observamos o ambiente onde vivíamos, a escola, as salas de aulas, os cuidados que devemos ter nesses ambientes. Quais as nossas ações, o que eles poderiam fazer para melhorar e modificar esse ambiente. Foi realmente bem interessante”, disse.

Já o aluno Gustavo Almeida, 8 anos, foi orientado pelo seu professor Pedro Rosas do 3º ano D. No desenho ele retratou um cadeirante e uma idosa precisando de ajuda no trânsito e pessoas sensibilizadas em cooperar.

As premiações já começaram na etapa local

Os alunos já foram premiados na etapa local. Cada um ganhou uma mochila com materiais escolares no valor de 200 reais e o professor da turma o valor de R$ 300 reais. Nesta próxima etapa, que é a Regional Amazônia, prevista para sair em novembro, o melhor aluno e seu professor receberá o valor de R$ 750 reais cada um, e a escola ganhará uma TV.

Na etapa Central Norte o aluno recebe um tablet e o professor R$ 1000. E por fim a Etapa Nacional, que deve ser divulgada em dezembro, onde os alunos vencedores ganham um notebook e o professor ganha um curso no valor de R$ 3.000 e a escola ganha uma caixa de som e um data show.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos