Bombeiros recebem capacitação para atendimento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista

A palestra promovida pela Assembleia Legislativa de Roraima tem como objetivo capacitar os militares sobre os atendimentos aos autistas

Com informações de Juliana Dama | Foto: ALE-RR

Com o objetivo de sensibilizar os bombeiros sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA), o Centro de Apoio à Família (TEAMARR) da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) promoveu uma palestra nesta segunda-feira, dia 30, no Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Roraima (CBMRR).

De acordo com a presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência e do Idoso da ALERR, deputada Angela Águida Portella (PP), afirmou que a intenção é firmar um termo de cooperação técnica entre o Corpo de Bombeiros e o TEAMARR para realização de capacitações, treinamento e orientações sobre os atendimentos aos autistas.

“A nossa visita hoje é exatamente para organizar um termo de cooperação técnica para que nós possamos ter o apoio da corporação no nosso trabalho no centro de atendimento às famílias. Além de também trazer a formação e capacitação para que o profissional adquira conhecimentos para lidar com as situações que possam ocorrer. O Corpo de Bombeiros vem nesse sentido de contribuir ao ser chamado para atendimento e ajudar a propagar a informação no que diz respeito a uma sociedade mais preparada no acolhimento e apoio aos autistas”, explicou a deputada.

Para o subcomandante-geral do CBMRR, coronel Gewrly Batista Melo, a palestra vai auxiliar os militares a identificarem o TEA dentro de seus núcleos familiares. Além disso, a parceria deve capacitar os profissionais para um atendimento mais humanizado às pessoas no espectro.

“Buscamos o projeto TEAMARR para que pudessem vir fazer uma palestra esclarecedora, discutindo o que é o autismo, suas formas, como identificar e tratamentos. Com a parceria, vamos dar suporte ao centro, oferecendo palestras e capacitações e auxiliando nos projetos lúdicos com as crianças. É importante sempre que a gente possa esclarecer para que a pessoa que tem uma criança com transtorno em casa tenha o conhecimento para identificar, e, a partir daí, começar o tratamento a fim de se ter uma qualidade de vida melhor”, disse o subcomandante.

Segundo o coordenador do Centro de Apoio à Família, Ednaldo Coelho, o suporte do Corpo de Bombeiros será importante para capacitar os profissionais do TEAMARR em situações que possam colocar as crianças no espectro em risco.

“O autismo é uma questão muito diferenciada. Então, em determinados momentos, uma criança pode ter uma convulsão, um exemplo que é muito comum. O Corpo de Bombeiros é uma força que está preparada para atuar e dar essa orientação. A nossa parceria é para fazer essa conscientização, levando detalhes e características sobre o autismo, e que eles possam nos ajudar também nessa questão de primeiros socorros e levar a bagagem para falar sobre a temática”, afirmou.

O Centro de Apoio à Família atende familiares de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e está localizado na rua Jaqueira, número 623, bairro Paraviana. O atendimento ocorre das 8h às 12h, e das 14h às 18h.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos