Campanha contra queimadas e incêndios reforça importância da educação ambiental em Boa Vista

Proposta é diminuir o número de queimadas na área urbana de Boa Vista durante o forte período de estiagem

Por: Semuc | Foto: Andrezza Mariot


A Amazônia está passando por uma forte estiagem, que vem agravando a estação seca na região Norte, causando um volume de chuvas muito abaixo do normal para o período, e é nessa época que a incidência de queimadas cresce consideravelmente. Pensando nos impactos ambientais, a Prefeitura de Boa Vista promoverá a partir desta quarta-feira, 11, a Campanha de Prevenção Contra Queimadas e Incêndios, com diversas ações na área urbana da cidade.

A iniciativa é coordenada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA) e tem parceria com as Secretariais Municipais de Finanças (SEPF), de Projetos Especiais (SMPE) e a equipe do Prevfogo do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

A primeira ação será a partir das 16h, com uma blitz educativa no cruzamento da Avenida Ene Garcez com Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, no bairro Aeroporto. A ação seguirá com visitas de equipes do programa Braços Abertos aos bairros mais afetados com queimadas na cidade, levando informações sobre prevenção aos moradores dessas localidades.

De acordo com o secretário da SEMMA, Alexandre dos Santos, os bairros mais citados nas denúncias de queimadas registradas na Central 156 este ano, são: Caçari, Paraviana, 13 de Setembro, São Bento, Jóquei Clube, Operário e Senador Hélio Campos. Ele destaca que a principal intenção dessa campanha é levar a conscientização para as pessoas sobre o grave momento de estiagem que a região Norte está vivendo e alertá-las para o perigo das queimadas.

“A proposta dessa campanha é diminuir o índice de queimadas na área urbana da cidade, sensibilizando e conscientizando as pessoas para não atear fogo em quintais, terrenos baldios, matas, bem como não cortar árvores e deixar galhadas nas ruas. Porque tudo isso facilita a ocorrência de incêndios devido às altas temperaturas registradas neste período. Qualquer pessoa pode denunciar a prática desses crimes ambientais, ligando para a central 156”, enfatizou o secretário.

Queimadas são crime

Atualmente, está em vigor a lei federal nº 9.605/1998, chamada Lei de Crimes Ambientais, que proíbe qualquer dano causado ao meio ambiente, e que sujeita o infrator a responder nas esferas civil, administrativa e criminal. Em Boa Vista, temos a lei municipal nº 947/2007, que proíbe a queima de quaisquer resíduos orgânicos ou inorgânicos na zona urbana da cidade.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos