Cansaço, falta de ar e problemas neurológicos podem ser carência de vitamina B12

Outros sintomas podem ser mau humor, tromboses e anemia perniciosa

Por: ES HOJE | Foto: arquivo

Que as vitaminas são importantes para o funcionamento do nosso organismo, ninguém duvida. Normalmente, uma dieta balanceada dá conta de nos fornecer todos os nutrientes que precisamos. Nosso corpo extrai a vitamina de fontes como carnes, leite, ovos e demais alimentos de origem animal.

No entanto, a população com mais de 60 anos está mais exposta a distúrbios de absorção de nutrientes que podem levar a sintomas como cansaço, mau humor, tromboses e até sequelas neurológicas. Dentre elas, a que pode levar à deficiência de vitamina B12: a anemia perniciosa.

Ela se configura quando o organismo se torna incapaz de absorver a vitamina B12 por causa de uma reação autoimune que destrói células estomacais responsáveis pela absorção desse nutriente, desencadeando os sintomas.

“A vitamina B12 cumpre muitas funções no corpo humano. Ela participa do processo de formação das hemácias, células que transportam o oxigênio no sangue. Essa vitamina também é importante para a manutenção do sistema nervoso, pois impede o desgaste da mielina, substância fundamental para a comunicação dos nossos neurônios”, explica o hematologista Douglas Covre Stocco.

Um amplo espectro de sintomas pode sugerir essa condição, como fraqueza muscular, cansaço, falta de ar, palpitações, formigamento nas mãos e nos pés, entre outros. Há risco de problemas neurológicos, alguns deles irreversíveis.

As pessoas que se submetem às cirurgias bariátricas precisam ficar especialmente atentas a possíveis deficiências da vitamina B12. Isso porque a cirurgia pode causar a perda do fator intrínseco, uma substância produzida por células estomacais cuja produção pode ser prejudicada após a cirurgia.

O cuidado também é válido para adeptos de dietas vegetarianas ou veganas. Para esses grupos, é importante se orientar para fazer a complementação da vitamina ou consumir preparos enriquecidos com esse nutriente, já que as carnes, ovos, leites e derivados são as principais fontes da vitamina.

“É importante que os adeptos do vegetarianismo ou do veganismo procurem aconselhamento profissional, para afastar qualquer possibilidade de prejuízo relativo à falta da B12 em sua alimentação”, reforça Stocco.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico de deficiência de vitamina B12, normalmente, é conseguido através de exames de sangue. Os tratamentos podem seguir dois caminhos, a partir do gatilho causador da deficiência do nutriente.

“Para os casos em que a falta de vitamina B12 ocorre por conta da pouca ingestão, a complementação via oral pode resolver o problema. Já para as pessoas que sofrem de anemia perniciosa, como o problema é na absorção, a solução é receber injeções intramusculares, de tempos em tempos, para garantir os níveis satisfatórios de B12 no organismo”, explica o hematologista.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos