Catálogo fotográfico ‘O rio Branco é nosso patrimônio’ será lançado nesta quarta-feira (30), em Boa Vista

O lançamento acontecerá às 19h no hall do Palácio da Cultura Nenê Macaggi

Com informações do Fórum de Energias Renováveis | Foto: Jorge Macêdo

Nesta quarta-feira, às 19h, o hall do Palácio da Cultura Nenê Macaggi será palco do lançamento do catálogo fotográfico “O rio Branco é nosso patrimônio”. O trabalho é resultado do concurso de fotografia idealizado pelo Instituto Socioambiental (ISA), em parceria com o Fórum de Energias Renováveis e a Associação Roraimense de Fotografia, realizado em 2021.

Na oportunidade serão expostas as dez fotografias vencedoras nas categorias livre, manifestações culturais e natureza geral. Além da distribuição de catálogos impressos, será disponibilizado um QR code com a versão digital do catálogo com todas as fotos inscritas no concurso.
O evento vai contar ainda com apresentação cultural do cantor e poeta roraimense Eliakin Rufino.

Vencedores

Na categoria livre, os vencedores foram Tiago Orihuela, autor de “Ribeirinho no baixo Rio Branco em Roraima ”; Mario Luiz Grande Turco, autor de “Bucólico”; e Suzana Vieira, autora de “Amanhecer dos Ribeirinhos”, em primeiro, segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Tiago Orihuela também foi o primeiro colocado na categoria manifestações culturais, com a foto “Ribeirinhos no baixo Rio Branco em Roraima”. Eder Rodrigues, com a foto “Sustento”, e George Amaro, com a foto “Velejando ao Sol”, também foram premiados.

O fotógrafo Roberto Caleffi, autor de “Brincando em Família”, venceu a categoria natureza geral. As fotos “Trinta-Réis-Grande (Phaetusa Simplex Gmel)”, de Tiago Orihuela, e “No princípio”, de Victor Mattioni, foram premiadas na mesma categoria.

A foto “Rastro da Vida”, de Helinaldo Germano, foi a vencedora na categoria prêmio especial, concedida à fotografia inscrita sob qualquer categoria, que se destacou por seu valor narrativo.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos