Coletivo de Artes Toca da Bruxa promove cursos para impulsionar o empreendedorismo

Os cursos têm como principal objetivo conceder aos alunos as ferramentas para a geração de renda

Com informações do Coletivo Toca da Bruxa | Foto: divulgação

O Coletivo de Artes Toca da Bruxa tem abraçado o empreendedorismo e aberto suas portas para oferecer a oportunidade e o conhecimento para quem quer buscar novos rumos e gerar uma renda extra ou fortalecer um negócio.

Através da Toca da Bruxa, são oferecidos cursos com foco no fortalecimento do empreendedorismo. Mais de 50 pessoas já passaram pelos cursos de Bolo, Pão, Pizza de Pão, Mesa posta para o Café da Manhã, curso de drinks, além do curso de auto maquiagem. Ainda serão ofertados muitos outros.

“Os cursos oferecidos na Toca da Bruxa, têm como principal objetivo conceder aos alunos, em sua maioria mulheres, as ferramentas para a geração de renda. Através do conhecimento técnico adquirido, eles podem aperfeiçoar seus negócios e até mesmo começar a empreender do zero”, explica a Dra Ana Luciola, proprietária da Toca. 

Os cursos são ministrados por profissionais parceiros e são divididos, dependendo do curso, em até quatro semanas. A primeira turma a terminar uma rodada de cursos foi a de Café da Manhã, onde aprenderam a preparar vários tipos de tapioca, evitar o desperdício através da reutilização da massa do cuscuz e do bolo, recheios pra cuscuz e o modo correto de preparo da massa. 

Os alunos receberam um certificado simbólico, mas saíram preparados tecnicamente e inspirados com as possibilidades que podem se abrir através daquilo que aprenderam. Interessados podem buscar as redes sociais da Toca da Bruxa ou mandar mensagem para o 95 991199740.

Cenário atual

Hoje em Roraima, o número de pessoas desempregadas chegou a 31 mil em 2020 segundo dados do PNAD Covid (IBGE). No mesmo ano, o número de pessoas vivendo na informalidade era de 85 mil. A taxa de desocupação em 2021 foi a segunda pior do país, ficando atrás apenas do Amazonas. 

Para a Dra. Ana Luciola, para gerar emprego e renda, é preciso dar as ferramentas certas às pessoas.

“Eu acredito que através desses cursos, as pessoas estarão aptas a empreender e garantir seus sustentos. É aprender para empreender”, destaca.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos