Comunidades indígenas de Boa Vista iniciam projeto de piscicultura com apoio da Prefeitura

Serão fornecidos a ração e os alevinos, além do acompanhamento técnico em todo a produção

Com informações de Walquiria Domingues | Foto: Giovani Oliveira

As 17 comunidades indígenas atendidas pelo município vão receber o projeto de piscicultura da Prefeitura de Boa Vista. Cada comunidade receberá 1 tanque para o desenvolvimento da produção de pescado, beneficiando cerca de 800 famílias. A execução e assistência técnica será feita pela secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas (SMAAI).

O objetivo é fortalecer a agricultura familiar, trazendo novas alternativas para a cadeia produtiva, melhorando a qualidade de vida dos povos indígenas com opções de subsistência alimentar. A equipe técnica da SMAAI prestará assistência em todas as etapas de produção.

“Temos como objetivo incentivar a prática da piscicultura nas comunidades, com todo o acompanhamento técnico, desde a escavação dos tanques até a despesca, com fornecimento dos alevinos, equipamentos e ração. A prefeitura realizará a escavação de 1 tanque em cada uma das comunidades indígenas atendidas pelo município”, disse o secretário de Agricultura do município, Guilherme Adjuto.

O cronograma de execução das escavações ocorrerá durante todo o ano, atendendo todas as comunidades. Os produtores receberão 1 tanque de engorda de 20 x 150m e 1 viveiro (berçário) de 20 X 50m.

Novos Maquinários

A ampliação de atendimentos para as escavações de tanques em todas as comunidades, só foi possível com a aquisição dos novos maquinários para reforçar o trabalho da Patrulha Mecanizada, a escavadeira hidráulica adquirida neste mês de abril, traz mais agilidade e rapidez na abertura dos tanques.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos