Empresários do agronegócio de Minas Gerais se reúnem com Teresa Surita

A pré-candidata ao Governo do Estado apresentou as potencialidades do Estado aos empresários Marcus Reis e Adão Oliveira

Com informações de Caíque Silva | Foto: divulgação

A pré-candidata ao Governo de Roraima, Teresa Surita (MDB) e o presidente do partido em Roraima e pré-candidato ao Senado, Romero Jucá, receberam nesta quarta-feira, 25, empresários do agronegócio que vieram de Minas Gerais conhecer as potencialidades do Estado.

Marcus Reis, advogado e empresário, é ligado diretamente ao agronegócio e articulador de investimentos para o setor em todo o Brasil. “A Teresa, eu já tenho contato há algum tempo, mas é a primeira vez que venho a Roraima. As oportunidades aqui são imensas e Teresa já as identificou. O Brasil todo está de olho no agro de Roraima e só estava faltando a Teresa para dar esse apoio”, disse.

Para Teresa, o agro é uma vocação natural para Roraima. “Em pouco tempo seremos exemplo e a nova fronteira agrícola do país. Quero reafirmar aqui meu compromisso com o agro, principalmente resolvendo os principais entraves, tanto na infraestrutura do Estado com as vicinais, como na questão das licenças para serem mais rápidas e dando o apoio permanente, sabendo diferenciar a agricultura familiar e o grande produtor”, explicou.

Romero Jucá lembrou que, enquanto esteve em Brasília como senador, trouxe recursos para investimentos no setor tanto em Boa Vista como para os demais municípios do Estado.

“Sempre trabalhei ajudando a Teresa para que ela pudesse fortalecer a agricultura dentro da capital. E assim foi com as outras prefeituras. Sabemos da importância do agro para a população, a economia e o desenvolvimento da região. Portanto, é muito importante para Roraima receber empresários como Marcus e Adão, porque nosso Estado é uma fronteira agrícola que ainda vai dar muito orgulho a todo nosso povo”, argumentou Romero.

Adão Oliveira é um dos principais comercializadores e produtores de feijão do Brasil e pretende investir em Roraima a partir de 2023. “Estou pela primeira vez em Roraima a convite da Teresa e do Romero, pessoas que admiro. Estou vendo que aqui o agro ainda tem um enorme potencial. Sou da área de grãos e pretendo investir no Estado ano que vem. Com a Teresa no Governo e Romero no Senado, acredito que vai expandir muito todo o segmento do agronegócio por aqui. A terra aqui é de primeira qualidade e Roraima tem tudo para ser o novo celeiro do Brasil”, afirmou.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos