I, Robot – Equipe de robótica é vice-campeã nacional da 17º Mostra Brasileira de Foguetes

Por: Semuc | Foto: Leo Costa


Alunos que integram a “I, Robot”, equipe de elite do Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI) da Prefeitura de Boa Vista, foram vice-campeões na etapa nacional da 17ª Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), ocorrida entre os dias 28 e 31 de agosto no Rio de Janeiro. Eles foram recebidos na madrugada desta sexta-feira, 1º, pelo prefeito Arthur Henrique no Aeroporto Internacional de Boa Vista.

Os alunos são Luciano Sampaio, Sophie Lucy e Jorge Henrique. Além de ser a única representante de Roraima na competição, a “I, Robot” foi a equipe mais jovem na mostra, que contou com 240 alunos de todo o Brasil, distribuídos em 70 grupos. Para Artur Henrique, isso mostra a importância de se investir em projetos para os jovens.

“Nós iniciamos o projeto de robótica educacional no CCTI em 2016 e já está consolidado em Boa Vista. É a primeira vez que a gente participa da mostra, com a equipe mais jovem da competição. Fomos vice-campeões e isso é um orgulho muito grande para a gente, pois mostra que é um investimento que transforma a vida das pessoas. Hoje, nossos atletas conhecem muitos lugares do Brasil e trouxeram mais um troféu para nossa capital”, disse.

Luciano, que é aluno do CCTI desde os 11 anos, contou que participar do campeonato foi uma experiência incrível. E ele já tem seus planos para o futuro. “Foi muito divertido e conseguimos compartilhar conhecimento com pessoas de todo o Brasil e tivemos esse resultado inédito. Eu quero continuar competindo e levar isso como profissão”, comemorou.

Como foi a Mostra de Foguetes – A competição consistiu no lançamento de um foguete construído com garrafa pet, papelão, fita adesiva, cartolina e base feita com cano PVC. Com muita física envolvida, foram utilizados bicarbonato de sódio e vinagre com concentração de 4% de ácido acético para fazer o objeto alçar voo, atingindo a marca de 117,2 metros de distância da base.

Os alunos e instrutores ainda tiveram a oportunidade de participar de oficinas de construção de foguetes, além palestras de sobre astronomia. A “I, Robot” também foi contemplada com um telescópio, que ficará no CCTI para outras atividades.

ETAPA REGIONAL – A 1ª fase (regional) ocorreu no primeiro semestre deste ano, momento em que os alunos construíram o foguete e fizeram o lançamento com ar, no Parque do Rio Branco, atingindo 150 metros de distância.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos