Luta e combate às doenças sexualmente transmissíveis marcaram o Dezembro Vermelho em Boa Vista

Durante todo o mês de dezembro foram feitas ações para alertar população sobre combate e prevenção deste tipo de doença

Por: PMBV | Foto: PMBV


A campanha Dezembro Vermelho marca o mês de luta e combate a AIDS. A ideia é reforçar sobre a importância da prevenção, não somente neste mês, mas durante todo o ano. Em Boa Vista, todas as unidades de saúde fazem entrega de preservativos e teste rápidos de HIV, Sífilis, Hepatites B e C, além de oferecer orientações e esclarecimentos com profissionais.

“São promovidas diversas ações por meio de um cronograma com uma série de atividades, durante a campanha, nas UBSs, que abordam a importância de uso consciente do preservativo, o acesso às informações a respeito de como se dá a transmissão do vírus HIV/AIDS e das outras ISTs, informando as formas de contágio e promovendo ainda a reflexão de que é possível viver com o HIV, sem preconceito”, destaca a coordenadora municipal de IST/AIDS, Ana Raquel Martins Serra.

Serviços

O tratamento das pessoas com ISTs melhora a qualidade de vida e interrompe a cadeia de transmissão dessas infecções. O atendimento, diagnóstico e o tratamento são gratuitos e disponíveis em 22 UBSs de Boa Vista, que disponibilizam a população estratégias e tecnologias avançadas para a prevenção, acompanhamento e controle de carga viral, de infecção pelo vírus, como a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) e a Profilaxia Pós Exposição (PEP) e ainda testes, preservativos masculinos e femininos e a medicação.

Números

Conforme dados do Departamento de Vigilância Epidemiológica, foram registrados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação – Sinan, 180 casos positivos de HIV, no município de Boa Vista e 312 de AIDS, em adultos.

Unidades dispensadoras de TARV, PEP, PREP

  • UBS Vanderly Nascimento (13 de setembro);
  • UBS Mecejana;
  • UBS Santa Tereza;
  • UBS Buritis;
  • UBS Pricumã;
  • UBS Edna Diniz (Aeroporto);
  • UBS Raiar do Sol;
  • UBS Sandra Lacerda (31 de março);
  • UBS Mariano de Andrade (Caranã);
  • UBS Délio Tupinambá (Nova Cidade);
  • UBS São Vicente; Ubs Silvio Botelho (Paraviana);
  • UBS Aygara Motta (Cidade Satélite);
  • UBS Liberdade;
  • UBS Asa Branca;
  • UBS Silvio Leite;
  • UBS Senador H. Campos;
  • UBS Rubeldimar Maia (São Bento);
  • UBS Dimitri Ramos (Alvorada);
  • UBS Hélio Macedo (Jardim Caranã);
  • UBS Olenka Macellaro (Caimbé).

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos