MEC aceita mais de 4,8 mil pedidos de isenção de taxa do Enem em Roraima

Concluintes do ensino médio em escola pública ainda podem pedir a isenção durante a inscrição, de 5 a 16 de junho

Por: MEC | Foto: divulgação


Os resultados dos pedidos de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 estão disponíveis na Página do Participante. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), aprovou mais de 2,4 milhões de solicitações. Deste total, 4.822 pedidos foram aceitos em Roraima. Além disso, o Inep acatou mais de 3 mil justificativas de ausência (quem era isento da taxa no Enem 2022 e não compareceu aos dois dias de prova precisava justificar a falta para participar da edição de 2023 gratuitamente). 

O prazo para recursos sobre essas devolutivas termina na sexta-feira (12). Logo, o total de isentos deve aumentar, considerando, ainda, que o público-alvo do Enem (concluintes do ensino médio em escola pública declarada ao Censo Escolar) também terá a oportunidade de solicitar a isenção durante o período de inscrição (5 a 16 de junho). 

Confira os números de isenções aprovadas por unidade da Federação: 

UF Isenções aprovadas   % de isenções aprovadas, em relação ao total nacional 
Acre 6.829 0,68% 
Alagoas 62.417 2,52% 
Amapá 21.551 0,87% 
Amazonas 77.838 3,14% 
Bahia 265.792 10,71% 
Ceará 204.559 8,25% 
Distrito Federal 30.288 1,22% 
Espírito Santo 43.281 1,74% 
Goiás 83.551 3,37% 
Maranhão 136.959 5,52% 
Mato Grosso 29.207 1,18% 
Mato Grosso do Sul 23.958 0,97% 
Minas Gerais 193.323 7,79% 
Pará 185.757 7,49% 
Paraíba 102.319 4,12% 
Paraná 59.144 2,38% 
Pernambuco 171.403 6,91% 
Piauí 75.733 3,05% 
Rio Grande do Norte 75.078 3,03% 
Rio Grande do Sul 68.714 2,77% 
Rio de Janeiro 145.963 5,88% 
Rondônia 22.230 0,90% 
Roraima 4.822 0,19% 
Santa Catarina 33.656 1,36% 
Sergipe 48.872 1,97% 
São Paulo 277.661 11,19% 
Tocantins 19.811 0,80% 

Gratuidade – a participação gratuita no Enem é prevista para pessoas que se enquadram em, pelo menos, um dos seguintes perfis: 

  • Matriculados na 3ª série do ensino médio (neste ano de 2023), em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar. 
  • Quem fez todo o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral em escola privada. 
  • Pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica por serem membros de família de baixa renda – com registro no Cadastro Único para programas sociais do governo federal (CadÚnico). 

Enem – o Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, o Enem tornou-se a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni). 

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). 

Os resultados individuais do Enem também podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal. 

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos