Nova estratégia do Sebrae/RR busca atender os micro e pequenos empreendedores com apoio de empresas maiores

Um projeto piloto já começa a ser formatado em parceria com distribuidora legal

Por: Sebrae/RR | Foto: arquivo


O Sebrae existe para apoiar e fortalecer as micro, pequenas empresas e os microempreendedores individuais, oferecendo serviços e soluções para melhorar a gestão e trazer mais resultados.

Via de regra, os atendimentos são realizados diretamente para estes clientes, mas uma nova estratégia para chegar até os pequenos negócios está sendo proposta pela diretoria da entidade.

Por isso, o superintendente Emerson Baú, o diretor técnico Doan Rabelo e o diretor de administração e finanças Almir Sá, juntamente com o gerente Aldrin Lopes e a assessora Hênua Andrade realizaram uma visita aos empresários Olivaldo e Marcos Lima, sócios da Fal distribuidora.

“A ideia é desenvolver um projeto em parceria com a FAL Distribuidora que, a princípio, não se enquadra como um cliente do Sebrae porque não é um negócio de pequeno porte. Mas, essa empresa tem como clientes um número significativo de mercados, mini-mercados, mercearias e autônomos que são micro e pequenos empreendedores ou que até precisam de formalização. Somando esforços, podemos identifica-los e atendê-los”, explicou o superintendente do Sebrae/RR, Emerson Baú.

A proposta foi bem recebida pelos sócios da empresa e, após a formalização desta nova forma de atuação, irão indicar para o Sebrae/RR uma relação das empresas que são seus clientes. A partir daí a equipe da entidade fará a mobilização e, posteriormente, um diagnóstico para definir quais serviços serão prestados de acordo com as suas necessidades específicas.

Neste projeto piloto será traçada uma trilha de conhecimentos e ações que vão fortalecer os processos ou habilidades que precisam ser desenvolvidos, como por exemplo, com orientações e consultorias em formação se preço, fluxo de caixa, marketing, vendas, entre outras possibilidades.

“Os nossos clientes precisam de muita ajuda, geralmente são negócios familiares, de pequeno porte e que ocupam o tempo de todos. O que eles precisam é ampliar a sua visão, melhorar a sua gestão e receber apoio e orientação para crescer. Então, de imediato achamos essa proposta muito boa, ainda mais contando com a credibilidade dos diretores e da marca Sebrae”, disse Olivaldo Lima, sócio da FAL Distribuidora.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos