Pesquisa do Ministério do Turismo sobre demanda turística rural encerra nesta quarta-feira (31)

Estudo tem como objetivo conhecer o perfil do viajante no segmento, bem como seus hábitos e interesses

Por: MTur | Foto: divulgação


A pesquisa “Demanda Turística Brasil” do Ministério do Turismo em parceria com a SPRINT Dados e a Rede Turismo Rural Consciente (Rede RDC) termina nesta quarta-feira, dia 31 de maio. O questionário on-line ajuda a melhorar cada vez mais os produtos e serviços turísticos no meio rural. Com os dados coletados, a pesquisa vai resultar no conhecimento a respeito do perfil, das preferências e das necessidades do público brasileiro em relação ao segmento e os resultados também vão subsidiar a tomada de decisões no âmbito do Turismo Rural.

É fácil e rápido participar da pesquisa, pois leva apenas alguns minutos para a inserção de informações como interesses, hábitos e preferências dos viajantes com relação ao Turismo Rural no Brasil. Podem participar respondendo o questionário interessados no segmento, pessoas que já viajaram para o campo e/ou já tiveram algum tipo de experiência com o turismo rural.

CLIQUE AQUI e responda ao questionário

A ministra do turismo, Daniela Carneiro, ressalta a importância de os turistas participarem da ação. “O preenchimento do questionário da Demanda Turística Rural é uma maneira do MTur conhecer as demandas de quem visita, se hospeda, e consome produtos e serviços em propriedades ou passeios rurais. Com o resultado, poderemos melhorar cada vez mais a experiência turística nesse segmento, ampliando o número de viagens e gerando emprego e renda para os trabalhadores e empresários”, informou.

Os resultados da pesquisa não serão comercializados e serão disponibilizados gratuitamente para os empreendedores do segmento, para o MTur e para a Rede TRC, sendo também divulgado publicamente.

SEGUNDA EDIÇÃO – Esta é a segunda edição da Demanda. Na primeira edição, em 2022, a SPRINT Dados disponibilizou um e-book com os resultados e foi possível constatar que o viajante dessa demanda considerava importante estar com a família, sentir-se autorrealizado e ter um momento de diversão e lazer. A pesquisa ainda revelou que os respondentes buscavam empreendimentos com atividades ligadas à sustentabilidade.

A primeira edição apontou que os principais motivos para uma viagem de turismo rural foram: contato com a natureza (72%); apreciar o ambiente rural (42%) e conexão com a família (36%). No top 7 das atividades mais buscadas, os viajantes do interior do Brasil consideraram como atributos relevantes: comida caseira (76%); contemplação da natureza (75%); atividades em família (68%); trilhas (64%); espaços de relaxamento (57%); aprender algo novo (56%) e contato com os animais (51%).

Agora, a segunda edição terá como objetivo atualizar os dados, ampliar a amostra e trazer ainda mais visibilidade ao estudo, tanto na sua fase de coleta, como nos resultados. É importante ressaltar que informações pessoais não serão divulgadas.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos