Qualidade de vida em Boa Vista é destaque nacional

Depois da pandemia, os brasileiros estão mais preocupados com a qualidade de vida. Conforme a enquete do perfil @FestadaFirma, das 30 mil pessoas que responderam as perguntas, 88% disseram que a qualidade de vida é mais importante que o valor do salário, por exemplo. 

E apesar de haver muitos conceitos sobre o tema, hoje há todo um esforço das gestões públicas para que a população tenha acesso a serviços que melhoram a sua percepção de qualidade de vida. 

Logo, por ser um tema muito amplo, os desafios são maiores ainda. Contudo, a capital de Roraima é destaque no assunto. Em 2019, por exemplo, a Revista Bula classificou Boa Vista como a 5ª melhor capital do país para se viver. Na época, eles avaliaram critérios como o emprego e a renda, bem como a educação e a saúde. 

Em 2020, da mesma forma, a Revista mostrou Boa Vista entre as 26 cidades mais felizes do Brasil. Desta vez, eles usaram os dados sobre a longevidade, a violência, além de informações do IPEA e da Fundação Getúlio Vargas sobre a renda média dos moradores.

Segundo Teresa Surita, que geriu a cidade por cinco mandatos, os investimentos na infraestrutura da capital ajudaram a chegar nesse resultado. “Quando nós fazemos as reformas das praças, na iluminação da cidade e arrumamos as principais vias, além de criarmos os projetos como o Academia Aberta, transformamos Boa Vista em um convite ao esporte e à vida saudável”.

Qualidade de vida: fatores que melhoram os resultados

De acordo com os dados do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, Boa Vista está na posição 263 no ranking de 876 municípios do país. 

A pesquisa trata de mais de 160 milhões de brasileiros que caminham para a terceira idade. E, assim, o estudo avalia os aspectos que levam ao envelhecimento saudável e pleno. No total, são 50  indicadores como, por exemplo, o acesso aos serviços financeiros e a cobertura dos serviços de saúde.

No ranking do Índice do Desafio da Gestão Municipal 2021, Boa Vista é a 14ª capital em qualidade de serviços. E os aspectos com a melhor avaliação, em sua maioria, são ligados à saúde. 

Portanto, Boa Vista é destaque na cobertura de saúde da atenção básica. Nesse item, a capital tem uma média maior que a dos 100 melhores municípios. Da mesma forma, a capital tem menos mortes por doenças crônicas não transmissíveis. 

Este foi um dos itens avaliados pelo Ministério da Saúde na pesquisa Vigitel. O estudo mostrou Boa Vista como uma das capitais mais saudáveis do país. E conforme o Ministério, o número de praças, parques e outros lugares para a prática esportiva ajudam no controle dessas doenças.

Esporte, saúde e oportunidades

A mudança de vida do jovem Gabriel Dias veio com a construção de uma quadra pública. A sua família chegou ao Estado nos anos de 1970. E, assim, eles viram a construção do Complexo Ayrton Senna. 

“Naquela época, o Ayrton Senna não existia. Era só uma vala. Mas, a construção do Ayrton Senna não foi só um cartão postal. Ele foi parte do que mudou todo o meu futuro”.

Desde 1995, o Ayrton Senna recebe obras. Assim, ao longo dos anos, ele ganhou quadras esportivas e entre elas, as quadras de tênis, onde o Gabriel começou a treinar. E aos 18 anos, ele realizou o seu sonho de ir morar fora porque foi aceito em uma instituição de ensino dos Estados Unidos. E o destaque que teve jogando tênis ajudou nisso.

“As duas quadras de tênis do complexo Ayrton Senna facilitaram a prática do esporte. Então, a gente pagava só a aula para o professor. E o contato com o esporte que veio a partir de uma praça pública me ajudou a realizar o meu sonho que era morar num país de primeiro mundo. Tá vendo a importância da política na vida das pessoas”, indagou.

Assim, Gabriel morou nos Estados Unidos até os 27 anos. Além da formação universitária, atuou em duas campanhas eleitorais na Flórida. Mas, apesar de ter as portas abertas para o mundo, ele escolheu voltar para Boa Vista. 

“Quando eu voltei, vi uma diferença incrível na cidade. Então, Boa Vista é uma cidade muito boa de viver e uma capital excelente em qualidade de vida, com certeza”. 

Mais investimentos em qualidade de vida

Desde 2013, Boa Vista teve 30 praças construídas e reformadas. Assim, a cidade ganhou novos espaços públicos, como o Parque do Rio Branco que ainda resolveu um grave problema social. E para fazer esse trabalho, a gestão municipal teve o apoio do pré-candidato ao Senado, Romero Jucá.

“Quando a Teresa me mostrou o projeto para o Parque do Rio Branco, eu vi que era algo grandioso. Porque era o sonho de abrir a cidade para o rio. E da mesma forma, resolvia a vida de 350 famílias. Então, o Parque foi um projeto social e um projeto urbanístico sem precedentes. E hoje, ele é a prova de que é possível transformar a vida das pessoas, com gestão e responsabilidade”. 

E da mesma forma que ajudou Boa Vista, ele levou os recursos para criar novos espaços de lazer nos municípios. Portanto, Romero Jucá ajudou a construir ou ampliar mais de 50 espaços de lazer em todo o Estado.

Conheça alguns dos espaços de lazer de Boa Vista:

Complexo Ayrton Senna: Em 1995, a Prefeitura entregou a primeira fase do espaço. Desde então, ele ganhou novos investimentos que melhoraram a sua estrutura de lazer e serviços. Hoje, o Complexo soma a outras opções como a Praça Fábio Marques, o Palco Velia Coutinho, a Praça das Águas, o Portal do Milênio e a Praça de Alimentação. Portanto, são 2 km de muitas opções para toda a família.

Vila Olímpica Roberto Marinho: é um dos mais completos espaços esportivos da Região Norte. Ela tem dois ginásios cobertos, um parque das piscinas, uma pista de atletismo oficial, um campo de futebol com arquibancada, alojamentos, além de quadras esportivas cobertas e abertas. Ano passado, a Vila ganhou cinco campos de futebol society com grama sintética.

Praça da Primeira Infância: É a primeira praça feita especialmente para as crianças. Assim, o espaço tem parques adaptados, uma fonte interativa, quadras esportivas e um campo de futebol society com grama sintética. A praça fica no bairro Nova Cidade e faz parte do projeto Caminhos da Primeira Infância.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos