Terceira corrida da Defensoria Pública bate recorde de participação

Evento foi realizado em parceria com a Associação das Defensoras e dos Defensores Públicos de Roraima (Adper)

Com informações da Asocm DPE-RR | Foto: DPE-RR

A Corrida da Defensoria Pública de Roraima, adiada por dois anos por conta das restrições da pandemia, retornou neste domingo (29), em Boa Vista (RR). Além de fazer parte das comemorações dos 22 anos da Defensoria, a 3ª edição do evento superou as anteriores e bateu recorde de participantes, com cerca de 600 pessoas inscritas, 300 a mais que no ano de 2019.

A corrida foi realizada em parceria com a Associação das Defensoras e dos Defensores Públicos de Roraima (Adper). Neste ano, além da modalidade de 5 km, também houve a estreia do percurso de 10 km. A largada ocorreu às 17h30, no estacionamento do estádio Canarinho, localizado na Zona Leste da capital. Além dos inscritos, muitos amantes do esporte participaram voluntariamente sem o kit.

Nesta edição, foi adotada mais uma vez a categoria especial para membros, servidores e colaboradores da DPE-RR. Entre as mulheres, houve bicampeã nas três colocações da modalidade 5 km. Na categoria servidor/feminino, a vencedora foi Emiliny Carvalho dos Santos, chefe de gabinete da defensora Teresinha Lopes, já no masculino, a vitória foi do servidor Jaildo Peixoto.

Ainda na disputa entre servidores, não houve inscrições de mulheres na modalidade 10 km. No entanto, entre os homens, o título foi conquistado pelo servidor Marcio Frank. Todos receberam medalhas personalizadas e troféus.

Na categoria público geral masculino de 5 km, o primeiro a cruzar a linha de chegada foi o atleta Ananias Lopes Silva, enquanto Welyda Synara Machado da Costa conquistou o título da categoria feminina. Ambos ganharam medalhas, troféu personalizado e o prêmio de R$ 500.

Já no percurso de 10 km, a vitória feminina foi da autônoma Gracileide Siqueira dos Santos, de 45 anos. Entre os homens, o primeiro lugar no pódio foi conquistado pelo atleta venezuelano Johonny Rafael Alfonso Cabeça. Os vencedores também receberam medalha, troféu personalizado e R$ 500 como prêmio máximo.

Outra categoria que estreou nesta edição foi o prêmio Melhor Idade, destinado a participantes acima de 60 anos. Entre as mulheres, a vitória foi da defensora pública Terezinha Muniz e entre os homens Osmar Pereira de Matos.

O defensor público-geral em exercício, Oleno Matos, afirma que o retorno do evento superou as expectativas e já virou tradição tanto para a Defensoria como para os atletas do estado.

“Mais um evento fantástico promovido pela Defensoria Pública. Estamos muito felizes com a realização da 3ª Corrida, especialmente por esse recorde de participantes mais uma vez. Estamos fechando o nosso Maio Verde com chave de ouro. Essa é uma corrida que já está no calendário municipal e estadual. É indescritível poder voltar com a corrida após a pandemia que vivemos, tenho certeza de que todos que prestigiaram estão muito felizes”, disse.

Oleno também aproveitou para agradecer a todos os servidores e defensores pelo empenho na organização do evento, além das empresas patrocinadoras e apoiadoras da competição. “Cada um dos nossos patrocinadores e apoiadores foram importantes para o sucesso deste evento”, complementou. 

SUPERAÇÃO: A 3ª Corrida da DPE-RR marcou um momento especial não apenas na história da instituição, mas também na vida da servidora Jamilda Serrador. Diagnosticada com um câncer de mama em 2020, ela venceu a doença e ela quis comemorar a cura participando da competição.

“Participar [da corrida] representa minha superação. Uma nova vida e a chance de fazer algo novo. A vida é maravilhosa nas pequenas coisas. Quando você acha que vai morrer, tudo muda e tudo tem um sentido diferente. Estou participando porque eu estou viva. Após um câncer, você dá valor às pequenas coisas, até caminhar, correr ou simplesmente estar aqui”, disse a servidora, apaixonada pelo esporte.

Programação

As comemorações pelos 22 anos da Defensoria Pública de Roraima não encerram em maio. No próximo sábado (4) ocorre o retorno do evento Defensoria Solidária, ação social que conta com a parceria de diversas instituições.

O evento acontece a partir das 8h, na Escola Estadual América Sarmento, no bairro Pintolândia. Durante todo o dia, a população poderá contar com serviços gratuitos, como corte de cabelo, emissão de primeira e segunda via da carteira de identidade, marcação e realização de exames, e outros.

Além disso, no próximo dia 1º de junho serão lançados os concursos de fotografia e de redação, e no dia 12 a DPE-RR promove um aulão especial para as pessoas inscritas no concurso da Polícia Civil de Roraima.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos