Teresa anuncia construção de Hospital da Criança em Rorainópolis e promete modernizar CAER

A candidata ao Governo de Roraima, Teresa Surita (MDB), pela coligação Roraima muito melhor, participou nesta segunda-feira, 5, de entrevista na Rádio Tropical e respondeu a diversas perguntas de internautas sobre saúde, educação e estradas vicinais.

Primeiramente, Teresa afirmou que assim como é lembrada por ter sido uma boa prefeita, se tiver a oportunidade, vai ser lembrada no futuro como a melhor governadora que Roraima já teve. “Me preparei a vida inteira para esse momento. Estou pronta para assumir o governo e tomar as decisões que precisam ser tomadas, a fim de melhorar a vida das pessoas em todos os municípios”, garantiu.

Quando foi questionada sobre o que faria para mudar a realidade da saúde de Roraima, Teresa foi categórica ao afirmar que a primeira ação será acabar com a corrupção instalada na Sesau. “Do jeito que está, não é possível garantir que a saúde seja satisfatória para a população. Precisamos mudar radicalmente a gestão da saúde e acabar com o câncer, que é a corrupção”.

Ainda conforme a candidata, assim que assumir o estado a partir de janeiro de 2023 vai retornar com os pagamentos das gratificações que foram retiradas dos funcionários do interior. “Hoje as pessoas precisam levar remédios, equipamentos e leçois porque a corrupção tira isso dos pacientes. Vamos trabalhar para que os hospitais sejam integrados, a exemplo de Rorainópolis, que não se comunica com os hospitais de Boa Vista. Como nossa prioridade, vamos, contudo, valorizar e reconhecer de verdade a importância de todos os servidores da saúde”, garantiu.  

Com Teresa, Rorainópolis terá um hospital da criança

Durante entrevista, em primeira mão, Teresa Surita ambém anunciou novidades para a saúde do interior de Roraima, com a construção de hospitais e a valorização dos servidores públicos, com a aplicação correta do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR).

“O Hospital da Criança de Boa Vista não tem condições de atender todo o estado e países vizinhos. Vamos construir uma unidade em Rorainópolis, fazer concursos públicos, dar segurança aos funcionários. Vamos implantar o PCCR assim que assumir, como deve ser feito. Vamos criar também uma central de medicamentos para que possamos trabalhar informatizados assim como fizemos em Boa Vista”, garantiu Teresa.

Ainda segundo Teresa, portanto, a saúde precisa ser olhada de forma humana. Inclusive, Teresa criticou as condicões como são atendidas as mães em Roraima há mais de um ano, que dão a luz na maternidade improvisada próximo à BR-174, debaixo de lonas e tendas. “Não pode ser como está hoje, com as crianças nascendo dentro daquela estrutura que, quando chove, molha mais dentro do que fora”.

Teresa anunciou a construção de outros hospitais em Roraima

“Vamos construir o hospital da mulher, porque a saúde da mulher precisa ser assistida de uma forma diferente. Precisamos fazer o exame, ter acesso e ter o resultado. Vamos construir o prédio de radioterapia, porque hoje as pessoas precisam sair do estado para fazer o tratamento. Vamos fazer um Centro de Atendimento aos Idosos. O idoso tem hoje a obrigação de fazer o acompanhamento de pressão alta, diabetes, mas eles estão abandonados tanto no social, como na saúde”, afirmou Teresa.

A Caer não será privatizada. Vamos modernizá-la e capacitar os funcionários

Para Teresa, as fake News tomaram conta das eleições de Roraima neste ano, principalmente em grupos de redes sociais comandados por assessores informais do principal adversário de Teresa. Há, inclusive, diversos assessores do governo com condenações na justiça por espalharem mensagens tendenciosas, mentirosas e caluniosas contra Teresa e sua família.

“Sobre a Caer, quero garantir que não iremos privatizá-la. Vamos trabalhar com a CAER fortalecendo a sua estrutura, seus equipamentos, capacitando os funcionários, atuando na prevenção. Em muitos lugares do estado a água está insalubre. Falta muita agua, inclusive em Boa Vista. Precisamos informatizar a companhia para que a água chegue da forma como as pessoas precisam”, explicou Teresa.

Com Teresa, vicinais serão responsabilidade do governo

Questionada sobre as vicinais de Roraima por um internauta, Teresa garntiu que a partir de primeiro de janeiro de 2023, as vicinais serão responsabilidade do governo do estado. “Quem abre estradas é o governo, sempre foi assim. Os municípios praticamente não têm recursos para manter a cidade, imagina cuidar das vicinais. As estradas, pontes, serão responsabilidade do estado e vamos articular com o governo federal a manutenção das estradas federais”, disse.

Após viajar de carro por todos os municípios de Roraima, Teresa garante que não há uma estrada sequer, seja BR, RR ou vicinal em boas condições. “Hoje não temos estrada de qualidade em nenhum lugar. As pessoas não conseguem tirar suas produções. Hoje temos pessoas que precisam arrumar pontes para passar com os carros. Ou seja, temos que assumir esse trabalho de infraestrutura para que possamos gerar renda. Vamos asfaltar todas as vicinais de produção e mudar as pontes de madeira por pontes de concreto”, garante Teresa.

As escolas militarizadas vão ser melhores e ninguém precisará comprar uniformes

As escolas militarizadas, de acordo com Teresa, vão continuar com uma condição melhor do que hoje, tanto na infraestrutura de prédio, como material. “Já mostrei o que fiz na educação de Boa Vista. Nós temos a quinta melhor educação na capital e a ultima no estado. Vamos tirar Roraima do último lugar para equiparar a Boa Vista”.  

“A partir do ano que vem os alunos não vão precisar comprar uniformes, porque quando você coloca preço de uniforme de R$ 1.500 você tira a oportunidade de muitos jovens. Vamos abrir oportunidades para todos”, garantiu.

Ainda falando sobre Educação, Teresa aproveitou para anunciar que vai levar fibraótica para todos os municípios de Roraima. “Vamos fazer com que nosso estado tenha qualidade com a tecnologia. Somos o estado mais isolado do Brasil e o que nos liga ao restante do país é a internet e ela é fundamental para a educação dos nossos jovens, tanto nas escolas como nas universidades”.

Teresa vai investir no turismo para gerar emprego e renda em Roraima

Dentre as grandes obras da Teresa, está o Parque do Rio Branco. Com esse gancho, os entrevistadores questionaram a candidata sobre os planos para o fomento do turismo em todo o estado. Para Teresa, fomentar a economia será o foco do governo. “Sobre o Parque do Rio Branco, ele não estava no meu plano de governo, eu fiz sem prometer porque estava pensando naquelas pessoas que viviam em situação de vulnerabilidade social. Essa obra fez com que Boa Vista entrasse no ranking das melhores de cidades indicadas para turistas”, frisou.

“Temos tanto o baixo rio branco, Tepequém, Monte Roraima, Parque do Viruá, as comunidades indígenas com o seu artesanato, turismo de aventuras, temos a capital que é a mais bonita de todo o norte do Brasil e que está localizada na Amazônia. Como turismóloga, teremos um plano especial de governo para fomentar o turismo em parceira com as pessoas que já atuam nessa área”, garantiu.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos