Vencedores do Ideathon da CPBV trocam experiências na 14ª Campus Party Brasil em São Paulo

Os acadêmicos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Lucas Lima e Vitor Rocha, desenvolveram uma plataforma que incentiva a doação de sangue

Por Ascom Sebrae/RR | Foto: Sebrae/RR

Usar a tecnologia e a inovação para ajudar a resolver problemas do dia a dia de uma sociedade é um dos objetivos das startups. Foi com esse ideal, durante o Ideathon do Campus Day Boa Vista, realizado em maio de 2022, que os acadêmicos do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Instituto Federal de Roraima (IFRR), Lucas Lima e João Vitor Rocha, criaram a DoeBV, uma plataforma gamificada que incentiva a doação de sangue em Boa Vista.

A ideia foi a grande vencedora do Ideathon e garantiu a Lucas e João Vitor a chance de participar da 14ª Edição da Campus Party Brasil (CPBR 14), realizada entre 11 e 15 de novembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. O evento é uma das maiores experiências tecnológicas em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo.

Para Lucas Lima, sair ganhador do Ideathon do Campus Day Boa Vista e poder apresentar uma ideia para a solução de um problema, foi uma experiência incrível e despertou o sentimento de poder fazer muito mais.

“Tivemos a oportunidade de aprender muito com diversas palestras, workshops e fazendo networking com empresas, universidades e profissionais da área. Sempre que tínhamos a oportunidade, falávamos da nossa ideia desenvolvida no Campus Day e sobre o ecossistema de inovação em Roraima”, relatou Lima.

Para João Vitor Rocha o sentimento é o mesmo. Ele acreditava que a ideia da plataforma DoeBV era boa e que estaria entre as melhores, mas não imaginava que poderia ser a ideia vencedora do Ideathon. O acadêmico falou com empolgação sobre a experiência de participar da CPBR 14.

“Tivemos a oportunidade de assistir palestras do criador do Orkut, Orkut Buyukkokten; do criador do SpaceToday, Sergio Sacani; e do Iberê Thenório do Manual do Mundo e tantos outros. Foi algo que nem imaginava ver um dia na vida. A experiência de uma Campus Party é incrível, sempre tem alguma coisa acontecendo”, disse.

O gestor de startups do Sebrae/RR, Luã Andrade, falou da relevância de eventos como a Campus Party e dos Ideathons. Nestes espaços, os empreendedores têm a oportunidade de criar conexões com os acadêmicos que podem propor soluções inovadoras e tecnológicas para os problemas enfrentados no gerenciamento dos negócios.

“Neste espaço conseguimos fazer muito networking, trocar ideias, conhecimento a respeito de como uma startup atua nos mais diversos segmentos como agronegócio, turismo, entre outros. Essas conexões permitem que as coisas fluam”, pontuou.

Ele adiantou que em 2023, o Sebrae/RR vai trabalhar em eventos de ativação com as universidades e também lançar um edital de ciclos de pré-aceleração.

“A forma que o Sebrae trabalha é fomentando o surgimento de ideias de negócios inovadoras no modelo startup. Nesses eventos vamos levar o conceito de startup para as universidades, de onde podem surgir novas ideias de negócios e novas startups no mercado roraimense e contribuindo também para o ecossistema de inovação brasileiro”, afirmou.

DoeBV

A plataforma DoeBV, ideia vencedora do Ideathon do Campus Day Boa Vista, surgiu para solucionar o problema de falta de sangue no estoque do Hemocentro de Roraima. João Vitor Rocha e Lucas Lima tiveram a ideia após verem várias publicações em redes sociais pedindo doação de determinados tipos sanguíneos.

A plataforma gamificada trabalha como uma espécie de sistema de recompensas, onde o doador ganha pontos que podem ser convertidos em desconto na taxa de lixo cobrada pela Prefeitura, desconto em estacionamento de shoppings, entre outros serviços que são oferecidos tanto pelo poder público, como pela iniciativa privada.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos