Aniversário de Roraima: roraimenses contam o que vêm à mente quando lembram de RR

Roraima deixou de ser território federal e passou a ser estado no dia 5 de outubro de 1988 e 34 anos depois roraimenses contam o que fazem eles lembrarem do Estado

Por Isaque Santiago | Foto: divulgação

Nesta quarta-feira, dia 5 de outubro, o Estado de Roraima completa 34 anos de fundação. No ano de 1988, o antigo Território Federal de Roraima foi elevado à categoria de estado brasileiro pela constituição de 1988. Roraima é o estado mais setentrional do Brasil, ou seja é o ponto mais ao Norte do Brasil.

Roraima é dividido pela Linha do Equador e possui 652.713 habitantes conforme estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Também é conhecido pelos atrativos naturais no interior e pelas lindas praças da capital. 

Mas, o que faz você lembrar de Roraima? O Conexão Boa Vista conversou com algumas pessoas que expressaram o que sentem ao lembrar o nome do estado. As belas paisagens naturais foram a primeira coisa que veio à mente da jornalista Poliana Araújo

“As inúmeras trilhas, lugares exóticos e quase inexplorados. O maior platô do mundo é nosso e leva o nome do nosso estado, Monte Roraima”, respondeu a jornalista na enquete. 

Já a historiadora Yngrid Oliveira lembrou da culinária roraimense, passando por pratos típicos e tradicionais até por pratos que foram incorporados à culinária local com o passar dos anos. “Damurida, paçoca com banana, pizza de filé com fritas e o nosso x-tudo aloprado. Tudo isso me faz lembrar de Roraima”, listou Yngrid. 

A culinária roraimense também faz o acadêmico de medicina Marcos Paulo Alves lembrar de Roraima. “A paçoca com banana que morro de saudades”, lembrou o rapaz. A colorista Willy Gomes também mencionou a tradicional paçoca ao lembrar de Roraima. 

Tambaqui assado na brasa também foi o que veio à memória da empreendedora Nathalia Alves e da designer gráfica Yasmin Saraiva, que também lembrou da paçoca com banana, das praias de água doce e do Monte Roraima. 

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos