Aprovados no terceiro concurso para defensor público substituto são nomeados pela DPE-RR

Ao todo, foram nomeados sete novos defensores; posse ocorre em 24 de outubro

Com informações da Ascom DPE-RR | Foto: DPE-RR

A Defensoria Pública do Estado de Roraima (DPE-RR) publicou no Diário Eletrônico desta segunda-feira (19), edição 545, a primeira convocação dos aprovados no 3° concurso para defensoras e defensores públicos substitutos. Ao todo, sete foram nomeados (veja a lista abaixo).

O certame foi homologado no último dia 15 de agosto, pelo defensor público-geral em exercício, Oleno Matos. A nomeação dos candidatos aprovados, obedece a classificação conforme os critérios pré-estabelecidos nos itens do Edital de Abertura nº 01/2021.

Para Oleno Matos, o momento é de grande satisfação, pois será a primeira vez que a DPE-RR contará com mais de 45 membros em seu quadro de defensoras e defensores. A cerimônia de posse está prevista para ocorrer em 24 de outubro deste ano.

“[A posse dos novos membros] Será muito importante para fortalecer a política de assistência jurídica gratuita à população do nosso estado. É mais um passo que a gente dá em busca da universalização da prestação desse serviço. Esperamos que ao longo dos próximos meses e próximos anos – se o recurso orçamentário possibilitar – possamos convocar mais aprovados e aprovadas”, disse.

Ainda conforme Matos, atualmente, a DPE-RR conta com 41 defensores e defensoras, sendo ao todo, 58 vagas no quadro. O plano, no entanto, é aumentar mais ainda este quantitativo. “Ainda temos algumas vagas no quadro, mas o nosso sonho é que em breve a gente consiga implementar um projeto que nós estamos denominando de “Defensoria do Futuro”, em que pretendemos até o ano de 2030, contar com pelo menos 85 colegas na carreira em nosso estado”, complementou.

O CONCURSO: O certame para defensoras e defensores públicos substitutos ofertou 80 vagas em cadastro reserva, com salário inicial de R$ 28.724,44. Todas as etapas foram organizadas pela banca da Fundação Carlos Chagas (FCC).

Do total das vagas ofertadas, 20% foram destinadas ao sistema de cotas raciais, sendo 10% para as pessoas negras (pretas e pardas) e 10% para as indígenas, que facultativamente autodeclararam tal condição no momento da inscrição. Também foi concedido 10% das vagas para pessoas com deficiência.

As pessoas aprovadas passaram por quatro etapas de avaliação: prova objetiva, prova escrita, prova oral e avaliação de títulos.

Confira a lista de aprovados:

● NICOLLE GRITZ DE ATHAYDE MANZOLILLO HORTA FERNANDES

● WENDERSON DE SOUSA CHAGAS

● WAGNER SILVA DOS SANTOS

● GUSTAVO BUSTILLOS MONCORES VELLOSO

● EDMAR ALVES DE CASTILHO

● ELISA ROCHA TEIXEIRA NETTO

● BEATRIZ DUFFLIS FERNANDES

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos