Artigo:  Carta de um pai.

Por: Cris Plácida

Eu te olho e vejo uma obra de arte caprichada de Deus. Sua sabedoria e esforço, me deixam assustado, como consegue fazer tantas coisas, ser tão injustiçada e continuar com esse sorriso encantador. Quero te pedir uma coisa: não se perca mais de si mesma, você é uma mulher extraordinária.

És tão importante, pena que muitas vezes se diminui para se encaixar na vida de alguém que não sabe seu valor.  Sei que errei com você e não há como corrigir isso, sigo na esperança que possa se reencontrar e descubra o brilho incrível que há em você. Aaahhh, se você se visse como eu te vejo!

Eu sei que já cometeu alguns erros, inclusive amar demais e esquecer de si mesma. Parou de se cuidar, de se amar e de se respeitar, esqueceu inclusive de investir na sua carreira e realizar aquele sonho de menina, mesmo assim, não se culpe, todos nós erramos, tá tudo bem, o importante é que continuas de pé e agora tomando consciência das suas verdades.

Esse mergulho em busca da sua essência, fará que resgate o que precisa para enxergar a mulher extraordinária, que eu já conhecia. Agora, eu sei, que nada nem ninguém poderá te deter. Você conseguirá chegar em qualquer lugar que deseje, meu único medo é que mais uma vez, acredite que ele vai mudar e se entregue de novo.

Sei que o ama, que sua história não existe sem a dele e mesmo lamentando, vou abençoar sua decisão e lembre-se de não ceder aos encantos dele. Entendo que te ensinaram que quem ama perdoa sempre e uma mulher precisa de um homem para ser feliz No entanto, é preciso saber que o mundo mudou e que existem infinitas possibilidades de viver e ser feliz.

Filha amada, estou te olhando e gostaria de estar aí para te oferecer colo nesse momento de dor.  Respira fundo e se olhe, saiba que jamais estará sozinha. Eu te amo tanto minha menina e estou te libertando de qualquer dor ou culpa. Quando for necessário grite, brigue, teime, coloque o “pé na parede”, chore, se descabele, faça o que for preciso para ser ouvida e respeitada e nunca mais abaixe a cabeça, seja firme em suas decisões.  

Sinta meu amor e meu orgulho em te chamar de filha, me perdoe pela ausência e saiba que a culpa nunca foi sua.

Com carinho Papai.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos