Pelos menos oito vereadores de Boa Vista devem sair candidatos nas Eleições 2022

PRÉ-CANDIDATOS DA CÂMARA

Pelos menos oito vereadores de Boa Vista devem sair candidatos nas eleições de outubro. Apuração da coluna mostra que três tentarão vagas na Assembleia Legislativa, quatro na Câmara dos Deputados e um no Senado. Isso quer dizer que a capital poderá ter novos vereadores a partir desse mês com a posse de possíveis suplentes. É que mesmo os parlamentares não precisando se afastar, alguns deverão seguir somente nas campanhas ao invés de dividirem o tempo com as atribuições de vereador.

DENARIUM X TERESA

Enquanto Antônio Denarium corre contra o tempo para entregar obras e melhorar sua imagem perante os eleitores, a pré-candidata ao Governo de Roraima Teresa Surita está em viagem por Jerusalém. Ela afirmou que está aproveitando o momento ao lado do marido para realizar um sonho e recarregar as baterias para, em breve, iniciar oficialmente a caminhada nas eleições de outubro. Lembrando que faltam cinco meses para o eleitor decidir o futuro dos próximos quatro anos.

TROCA DE SECRETÁRIA

Após pressão do presidente da Assembleia, Soldado Sampaio, e do senador Mecias de Jesus, o governador Antônio Denarium teria decidido trocar a cunhada e secretária Estadual de Educação Leila Perussolo por Raimundo Nonato Carneiro Mesquita, que já foi titular da pasta em outro governo. A secretaria tem um orçamento anual de R$1 bilhão e 100 milhões e desde o início do mandato é comandada pela cunhada que não é bem avaliada por Sampaio e Mecias. A troca estaria prevista para essa semana segundo fontes do Palácio Senador Hélio Campos. Leila, inclusive, já se despediu dos mais próximos.

RR INTERDITADA NO CANTÁ

Moradores e empresários reclamam da interdição da RR-207, antiga estrada da Malacacheta, no município do Cantá. Segundo o denunciante, somente após um ano do anúncio é que a obra do Governo de Roraima está iniciando e justamente em um período eleitoral. Para piorar, uma empresa aérea localizada na região está prejudicada porque as carretas com combustível não podem passar para abastecer as aeronaves que atendem áreas indígenas com o envio de mantimentos, profissionais e resgates de pacientes. A Usina Jaguatirica 2 também está localizada nas proximidades, assim como outras vicinais que garantem acesso aos moradores e produtores.

SEM OBRAS DA BR-174

A única ligação de Roraima ao Amazonas segue abandonada. Registros feitos da BR-174 mostram vários pontos praticamente intrafegáveis. São crateras e pontos que sequer têm asfalto. Os motoristas de ônibus estão tendo que ter atenção redobrada para dirigir por um trajeto de cerca de 250 quilômetros. A parte mais comprometida está do lado amazonense. A viagem está demorando bem mais tempo do que o esperado. Motoristas de veículos pequenos devem pensar duas vezes antes de viajar. Cadê os parlamentares de Roraima e do Amazonas?

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos