Concurso da Polícia Civil de RR é adiado após suspeita de vazamento das provas

O caminhão que trazia as provas teve a rota desviada e foi localizado no Vila Jardim, em Boa Vista

Por Isaque Santiago | Foto: divulgação

O concurso da Polícia Civil que seria realizado neste fim de semana em Boa Vista foi adiado após o caminhão que carregava as provas ter desviado a rota e ser encontrado no residencial Vila Jardim, na noite de segunda-feira, dia 1º de agosto.

O adiamento do certame foi anunciado pelo governador Antonio Denarium durante uma solenidade no Palácio Senador Hélio Campos. Ele afirmou que serão elaboradas novas provas e logo após irão anunciar uma nova data.

O anúncio do chefe do Executivo veio após alguns candidatos inscritos no certame se manifestarem em frente ao Palácio Senador Hélio Campos, revoltados com uma nota da Polícia Civil que afirmava que o cronograma do concurso seria mantido, pois não havia risco das provas terem vazado.

O concurso

O concurso da Polícia Civil oferta 175 vagas, divididas em dois editais. Um dos editais é destinado somente para o cargo de delegado e o outro para os cargos de agente de polícia, escrivão, perito papiloscopista, auxiliar de necropsia, auxiliar de perito, perito criminal, médico legista e odontolegista. 

A banca responsável pelas realização do certame é a Fundação Vunesp. Os candidatos ao argo de delegado desembolsaram R$ 350 na inscrição. Já os candidatos ao cargo de médico legista, odontolegista e perito criminal pagaram R$ 260. Para os cargos de escrivão, agente de polícia e perito papiloscopista o valor da inscrição foi de R$ 120 e para auxiliar de perito e auxiliar de necropsia, a taxa foi de R$ 80. 

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos