Conselho Indígena de Roraima elabora plano de enfrentamento às mudanças climáticas na TI Raposa Serra do Sol

O plano será apresentado em encontro online dos Diálogos pelo Clima, na próxima terça-feira, dia 12

Com informações de Diálogos pelo Clima | Foto: Estadão  

O inédito plano de enfrentamento às mudanças climáticas na terra indígena Raposa/Serra do Sol é uma das novidades a serem anunciadas no segundo encontro online dos Diálogos pelo Clima, promovido pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio). 

Com o tema “Populações tradicionais, indígenas e quilombolas: alternativas econômicas, redes e reconhecimento do apoio na preservação”, o plano foi elaborado pelo Conselho Indígena de Roraima (CIR). O documento será levado à discussão na próxima terça, dia 12, às 19h, pela coordenadora do Departamento de Gestão Ambiental do CIR, Sineia do Vale. 

Ela debaterá com dois integrantes do Ministério Público: o procurador da República Fernando Merloto Soave, coordenador da Comissão de Alimentos Tradicionais dos Povos no Amazonas (Catrapoa); e a promotora de Justiça Lilian Braga, titular da 13ª Promotoria de Justiça de Meio Ambiente, Patrimônio Cultural e Habitação e Urbanismo de Santarém (PA).

Em 2014, Sineia organizou a primeira publicação indígena brasileira sobre a questão, “Amazad Pana’Adinham: percepção das comunidades indígenas sobre as mudanças climáticas”, baseada em outra reserva de Roraima, a Serra da Lua. Ela já incluía o estudo de percepção do impacto sobre sementes nativas.

O novo plano de enfrentamento conta com a tecnologia de um aplicativo de celular usado pelas comunidades indígenas locais para alertar e combater problemas fundiários e de desmatamento e emergências climáticas.

O Diálogos pelo Clima é uma iniciativa do Programa Comunidades Tradicionais, Povos Indígenas e Áreas Protegidas nos biomas Amazônia e Cerrado (Copaíbas) e tem o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) como gestor técnico e financeiro e a Iniciativa Internacional da Noruega pelo Clima e Florestas (NICFI), como financiadora.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos