Criança indígena da etnia yanomami desparece após naufrágio de embarcação em Caracaraí

A embarcação naufragou na noite de domingo, 15, quando se aproximava da orla de Caracaraí; o Corpo de Bombeiros segue as buscas pela criança

Por Isaque Santiago | Foto: CBMRR

Uma criança indígena de cinco anos, da etnia yanomami, desapareceu por volta das 22h30 de domingo, dia 14, após o naufrágio de uma embarcação do tipo batelão, de nove metros, que fazia o trajeto entre a localidade de Vista Alegre e a sede de Caracaraí. Além da criança, cinco pessoas estavam a bordo, sendo três homens e uma mulher.

O Corpo de Bombeiros foi acionado na segunda-feira, dia 15, para atender a ocorrência. Conforme relatos dos sobreviventes, quando a embarcação se aproximava da orla, começou a apresentar problemas afundou logo em seguida. Os quatro adultos conseguiram se salvar. No momento do naufrágio, a criança dormia em uma rede, e não houve tempo suficiente para retirá-la.

Quatro mergulhadores trabalham nas buscas desde segunda-feira, 15, porém, até o momento, nada foi encontrado. A partir desta quarta-feira, 17, a área de buscas será ampliada com mergulho em pontos mais distantes do local do naufrágio e buscas superficiais ao longo do rio.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos