Começou a campanha eleitoral – Candidatos fazem de tudo para se destacar na multidão

Centenas de candidatos deram o start na campanha nesta terça-feira, 16, em todo o Brasil. Em Roraima, estado pequeno e com peculiaridades, não é fácil ter destaque e ganhar uma eleição acirrada e curta como essa. Ou é fácil?

A disputa tem uma mistura dos “novos” com os “antigos” sem esquecer dos que nunca desistem e estão na fila há anos. E há espaço para todos, porém, não adianta enganar os mais empolgados e iludidos que em Roraima dinheiro ganha eleição sim. Ou seja, sem verba e apenas com o discurso de mudança ninguém chega a lugar algum. Isso é fato! Na opinião desse nobre editor pelo menos 16 deputados estaduais retornam às suas cadeiras na Assembleia Legislativa. Duvida?

Agora, o dinheiro vence eleição por que o eleitor vende o voto ou por que o candidato compra o voto? [Risos]. Brincadeiras a parte, é assim que funciona o jogo. Não existe essa de mudança sem passar antes pelo eleitor consciente. É ele quem dita as regras. Afinal, um candidato esperto morre de medo de um eleitor inteligente e honesto. Pelo contrário ele esse cidadão cai no conto do vigário, vende o voto e fica reclamando o resto da vida – ou por mais quatros anos.

Então não adianta ficar por aí com esse papinho de candidato corrupto se você vende o voto ou extorque quem pede seu voto. Se por um lado está cheio de político corrupto, por outro temos uma legião de eleitores profissionais. É esse mesmo o termo.

Outra coisa. Ficar manifestando a opinião somente nas redes sociais e não votar no dia 2 de outubro não ajuda ninguém. Portanto, o mais prudente é analisar as opções e assumir a responsabilidade. Deixar para o outro uma decisão nossa não é a melhor alternativa para uma democracia que nos da a chance de poder escolher o que é melhor para a maioria. Concorda?

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos