Equipe feminina do Sesi ganha prêmio em olimpíada nacional de robótica

Etapa nacional reuniu as melhores equipes de todo o Brasil em São Paulo

Com informações da Ascom Sesi/RR | Foto: Sesi/RR

A equipe Engenheiras em Ação Girls conquistou premiação em participação na  etapa nacional da Olimpíada Brasileira de Robótica. Realizada no estado de São Paulo  em São Bernardo do Campo, a OBR aconteceu entre os dias 17 a 22 de outubro. 

Formada pelas meninas do 8º ano, Mariah Clara Artimandes Morais e Letícia Melo Rodrigues, a equipe levou o prêmio na categoria Robustez que é dado ao robô  mais robusto e compacto de toda a competição.  

Para o professor de educação tecnológica e técnico das equipes, Dennis Padilha,  a premiação é um divisor de águas não apenas para o Sesi, mas para a robótica de  Roraima. “A premiação representa que temos o robô mais robusto e compacto de uma  competição com nível nacional. São mais de mil equipes em todo o Brasil tentando uma  vaga para essa competição e se classificam apenas 40 equipes no nível 1 e 2. Estou muito  orgulhoso com os nossos resultados. Foram cinco dias de muito empenho e dedicação”,  analisa o professor 

Nesta edição da OBR, a Escola do Sesi teve também a participação da equipe  Engenheiros em Ação e para chegar a etapa nacional, as duas equipes conquistaram o  1º lugar na categoria nível 1 voltada para estudantes do 1º a 8º ano do Ensino  Fundamental e nível 2 voltada para estudantes do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental,  além de todos os anos do Ensino Médio ou Técnico. 

As competições na OBR simulam um desastre natural onde o robô tem que fazer  o resgate de vítimas representadas por bolas de isopor. As arenas onde os robôs  disputam possuem obstáculos, rampas e uma área de resgate. O robô tem que fazer  tudo autonomamente, sendo que as diferenças entre o nível 1 e 2 é o nível da precisão  exigido do robô quando ele vai deixar as vítimas dentro da área de resgate. 

O professor de educação tecnológica e técnico das equipes, Dennis Padilha,  analisa a atuação das equipes sesianas em São Paulo. “Elas foram ótimas nas  apresentações dos robôs e diário de bordo. Onde apresentaram o manual completo de  montagem do robô, mas tivemos algumas dificuldades nas arenas devido ao grande  número de rampas. Mas esses resultados só demonstram que estamos no caminho  certo para em breve estarmos entre os melhores. Só em estar em uma competição desse  nível é uma realização e trazer um prêmio de nível nacional já é quase um sonho”, afirma  Dennis. 

O que é a Olimpíada Nacional de Robótica? 

A OBR é uma olímpiada científica com foco na robótica e busca incentivar os  jovens a busca pela carreira cientifico-tecnológica. A competição possui duas  modalidades: a Prática e a Teórica com atividades por meio de competições práticas  (com robôs) e provas teóricas em todo o Brasil. 

A modalidade prática acontece através de eventos/competições regionais e  estaduais que classificam as equipes de estudantes para uma final nacional realizada em  conjunto com outros eventos nacionais de robótica, como a Competição Brasileira de  Robótica (CBR), além de congressos e simpósios na área de tecnologia. 

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos