Escola do SESI forma 1ª turma no formato do Novo Ensino Médio em Roraima

Turma de 23 alunos entra para história da Educação no estado; SESI implementou o Novo Ensino Médio ainda em 2019.

Por: Sesi | Foto: divulgação

O Centro de Educação do Trabalhador João Mendonça Furtado – CET/SESI, a Escola do SESI, formou na noite de segunda (20), a primeira turma de jovens no formato do Novo Ensino Médio. A cerimônia foi realizada em espaço de eventos no bairro São Francisco, em Boa Vista.

A turma é formada por 23 estudantes e entra para a história ao se tranformar em um marco na educação do estado de Roraima. Desta maneira, enquanto as diretrizes do Novo Ensino Médio irão chegar obrigatoriamente nas escolas públicas e privadas no Brasil somente em 2022, a Escola do SESI de modo pioneiro, implementou o Novo Ensino Médio ainda em 2019.

Com base na matriz curricular que dispõe a nova lei do ensino médio,o aluno na Escola do SESI/RR pode se destacar em quatro áreas do conhecimento: Matemática e suas tecnologias, Ciências Humanas e suas tecnologias, Linguagem e suas tecnologias e Ciências da Natureza e suas tecnologias. O diferencial da Educação aliada a Tecnologia.

Além disso, como uma forma de integrar esse aluno ao mercado de trabalho, o Ensino Médio também é técnico integrado ao SESI/SENAI. Assim, essas turmas recebem uma formação técnica e profissional com o conteúdo formativo de Técnico em Redes de Computadores passando, inclusive, por estágio supervisionado.

“Esses 23 alunos que se formaram, além do ensino médio saem todos como técnico em redes de computadores. Ou seja, estão prontos para qualquer trabalho que o mercado apresentar para eles. É uma formação que vislumbra o mercado de trabalho e com um diferencial que traz a tecnologia. Nós ficamos muito felizes de ter encarado esse desafio e conseguido cumprir com essa etapa da história da educação roraimense”, explica a diretora Gardênia Cavalcante.

Para a presidente da FIER, Izabel Itikawa, a realização da Escola do SESI aliado ao SENAI, foi um desafio muito grande ainda mais por conta da pandemia que impactou diversos setores.

“Foi construída uma proposta pedagógica que atendesse as orientações emanadas da Base Nacional Comum Curricular. Em Roraima, assumimos esse desafio e temos promovido um ensino diferenciado com foco na oferta de uma educação pelo futuro do trabalho. E por isso, é uma alegria muito grande para o Sistema FIER presenciar e entregar, um trabalho digno e de capacidade como esse”, destacou a presidente.

A superintendente do SESI/RR e Diretora regional do SENAI/RR, Almecir de Freitas Camara também destaca os desafios do pioneirismo, principalmente com a dificuldade adicional da pandemia.

“Enfrentamos aí três anos, sendo dois com pandemia nesse processo de implantação do novo formato. E posso dizer com toda certeza que não foi nada fácil para nós. Além do ensino híbrido, tivemos que seguir com esse ensino à distância. Então a noite de hoje consagra o esforço coletivo, da escola dos pais, dos alunos e professores. Temos que celebrar essa vitória”, revela Almecir.

A secretária de educação do estado de Roraima, Leila Perussolo cumprimentou os formandos e destacou o papel transformador da educação.

“A educação transforma as pessoas e pessoas transformadas transformam a sociedade. Essa mensagem é fundamental quando vemos jovens aqui apostando nos estudos. Só posso dizer que Deus abençoe cada desse concluintes e que essa felicidade intensa que vi neles possa pulsar todos os dias ao longo da trajetória escolhida por cada um deles no futuro”, destaca a secretária.

Um dos formandos, o aluno Marcial Soteldo, destacou a alegria de fazer parte da primeira turma formada nas diretrizes do novo ensino médio.

“É um dia muito importante para mim e para meus colegas. É gratificante representar essa turma que se tornou parte de uma grande reforma no ensino visando uma educação de qualidade para todos. E tivemos essa educação de qualidade de todos que representam o SESI e o SENAI. Só tenho agradecimentos a todos os professores, colegas e aqueles que fazem parte de todo esse cenário que tornou essa experiência possível”, revela o aluno.

Escola que alia tecnologia e educação

Destinado a dependentes de trabalhadores da indústria, conveniados e comunidade em geral com idade de 15 a 17 anos, um dos diferenciais da Escola do SESI é aliar a educação com a tecnologia. As aulas com uso do minecraft e robótica são um dos carros-chefes do SESI.

Além disso, como uma forma de integrar esse aluno ao mercado de trabalho, o Ensino Médio também é técnico integrado ao SESI/SENAI oferecendo formação em Técnico em Redes da Computação.

Os alunos também aprendem com outras ferramentas educacionais que aliam a tecnologia, como a plataforma CoderZ, que ajuda alunos e professores a colocarem em prática os ensinamentos da robótica educacional. Ela utiliza a metodologia STEAM, sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática, e atividades gamificadas para incentivar a educação tecnológica e preparar jovens para o futuro.

Voltado para o ENEM, o diferencial do SESI está na realização de simulados como o SOMOS ENEM na plataforma Plurall que apresenta indicadores de aprendizagem, a parceria com a plataforma Geekieque apresenta outros simulados preparados exclusivamente para o exame nacional, além de um acervo com aulas, resumos, exercícios através de uma aprendizagem completamente personalizada as necessidades de cada estudante.

O aulão SESI/SENAI e outros simulados internos também buscam fortalecer o aprendizado dos estudantes.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos