Ministra da Saúde se surpreende com trabalho realizado no Hospital da Criança de Boa Vista

Além do Hospital da Criança Santo Antônio, a comitiva do Ministério da Saúde também visitou a UBS do bairro 13 de setembro


A ministra da Saúde, Nísia Trindade Lima, está em Roraima para acompanhar de perto a situação da crise sanitária que afeta a Terra Indígena Yanomami em Roraima. Acomapnhada do prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique (MDB), ela visitou nesta quarta-feira, dia 1º, algumas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e o Hospital da Criança Santo Antônio, unidade que tem recebido as crianças indígenas em estado de desnutrição.

Nísia se surpreendeu com a gestão e sentiu-se sensibilizada quanto às demandas do Município para ampliar e melhorar ainda mais o atendimento de saúde básica na Capital. Além do prefeito, o vice-prefeito Cássio Gomes e a secretária de Saúde, Regiane Matos, também acompanharam a ministra e demais membros da comitiva do Ministério da Saúde.

A visita iniciou na UBS do bairro 13 de Setembro e, em seguida, percorreram o Hospital da Criança, única unidade de Saúde do Estado com atendimento especializado para crianças. Para o prefeito, a vinda de uma comitiva do Ministério da Saúde demonstra a sensibilidade do Governo Federal. Ele também avaliou o momento como importante para apresentar as demandas do Município, que tem garantido atendimento de qualidade para a população não só de Boa Vista, mas de todo o Estado e até de países vizinhos.

“Vieram conhecer a realidade, vieram devido à crise humanitária, mas foi um momento importante para a gente mostrar todas as demandas do Município. A ministra se mostrou sensível a todo o contexto. Nós levamos ela até a unidade de Saúde do 13 de Setembro, que é a maior impactada pela imigração. Trouxemos no Hospital da Criança, onde ela conheceu nosso bloco de internação de indígenas, mas também pôde ver todo o atendimento que a gente faz para a população em geral da cidade de Boa Vista, do Estado de Roraima e até de outros países”, comentou.

O prefeito também destacou a parceria que deve surgir após a visita da ministra para ampliar e ampliar o atendimento de qualidade que já é oferecido pelo Município, mas que precisa de mais investimentos devido o atendimento para a população de todo o Estado e de países vizinhos, que sobrecarrega as unidades de saúde.

“A ministra ficou de fato impressionada com o que viu aqui e se colocou a disposição para garantir mais recursos para o município para que a gente possa ampliar algumas unidades básicas de Saúde, para que a gente possa melhorar o atendimento e ampliar o atendimento do hospital da Criança. Vai tentar também nos apoiar com a contratação de mais médicos para atender à nossa rede. As demandas estão nas mãos do Ministério, tenho certeza que esse Ministério vem sensível à Saúde do Município de Boa Vista e a gente vai conseguir em parceria construir um grande atendimento, uma ampliação aqui na cidade”, disse o prefeito.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos