Mutirão da Defensoria Pública oferta 160 atendimentos presenciais na área cível em Rorainópolis

Ação ocorre entre 5 e 8 de abril. O objetivo é realizar até 40 atendimentos por dia

Com informações da Ascom DPE-RR | Foto: divulgação

A Defensoria Pública do Estado de Roraima (DPE-RR) vai realizar um mutirão presencial entre os dias 5 e 8 de abril em Rorainópolis, no Sul do Estado. Serão ofertadas, ao todo, 160 vagas para atendimentos na área cível.

A ação vai ocorrer no prédio da DPE-RR em Rorainópolis, na Rua Pedro Daniel Silva, s/n, na Praça dos Três Poderes. A intenção é realizar até 40 atendimentos por dia.

Para o defensor público-geral interino Oleno Matos, é satisfatório poder retornar com os mutirões presenciais que tinham sido suspensos por conta da pandemia da Covid-19.

“Aproximar a população carente dos seus direitos é uma missão da Defensoria Pública. Nesse mutirão, pretendemos realizar 160 atendimentos em apenas quatro dias.

Normalmente, essas pessoas precisariam esperar bem mais, porém, com essa ação, suas demandas serão atendidas em menos tempo. É uma satisfação para nós levar facilidade às nossas assistidas e assistidos”, disse Oleno.

Oleno reforçou que, para evitar filas, é importante que os interessados entrem em contato pelos números (95) 9 9124-1090 e 9 9118-3334 para realizar o pré-agendamento.

Conforme o chefe da capital e coordenador do mutirão, o defensor público Rogenilton Ferreira Gomes, a ação visa atender a população sem acesso à internet que não pôde receber suporte jurídico por meio do DPE Zap.

“Rorainópolis é a nossa segunda maior cidade do estado e tem muitas pessoas que moram em vicinais, pessoas que não tem o aparelho com WhatsApp ou internet na localidade. Vamos levar esta ação para atender toda a demanda reprimida que, por ventura, tenha nesta comarca”, explicou o defensor.

No mutirão, serão atendidas ações relacionadas a alvará judicial, divórcio com bens, exoneração de alimentos, fixação de alimentos, guarda/adoção, investigação de paternidade, negatória de paternidade, 2ª via de Certidão de Nascimento e Casamento, reconhecimento e dissolução de união estável com bens, regulamentação de visitas e revisional de alimentos.

Na ação, vão atuar quatro assessores jurídicos tanto pela parte da manhã quanto pela tarde. Como forma de segurança sanitária, a orientação é que todas e todos usem máscara facial, respeitem o distanciamento social e usem álcool gel 70% para evitar a contaminação por Covid-19.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos