Obra emergencial em trecho urbano da BR-174 deve durar 60 dias

São 10 metros de obras com aterro para a construção de uma nova galeria para a passagem do igarapé Pricumã

Por Karina Mota | Foto: Leo Costa

A Prefeitura de Boa Vista iniciou na sexta-feira, 16, uma obra emergencial em um trecho de 10 metros da avenida Brasil, no perímetro urbano da BR-174, próximo a sede da Polícia Federal, no bairro 13 de Setembro. Parte do aterro que cobre a galeria por onde passa o igarapé Pricumã desmoronou e um trecho da pista precisou ser interditado, comprometendo o tráfego de veículos na região.

Conforme a Secretaria Municipal de Obras (SMO), o prazo para conclusão dos trabalhos é de 60 dias. Durante uma vistoria de obra, o prefeito Arthur Henrique informou que a galeria danificada será substituída por uma nova e mais resistente.

“O trânsito de veículos pesados nessa localidade é intenso, pois é uma das portas de entrada da cidade. Então, essa galeria precisa ser resistente. Agora que esse trecho da BR-174 passou a ser responsabilidade da Prefeitura vamos concluir o trabalho em breve para restabelecer o tráfego na região”, afirmou. 

A obra foi iniciada há mais de um ano, quando o perímetro urbano da BR-174 ainda era de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), e estava parada até então.

O trecho passou a ser responsabilidade da Prefeitura de Boa Vista no dia 28 de junho, quando o Governo Federal municipalizou o perímetro urbano da BR-174, da ponte do Cauamé ao Anel Viário.

Além do transtorno causado pela interdição de uma parte da pista, a erosão no solo também rompeu a fibra de internet que naquele trecho, até então, era subterrânea. Após o incidente, os cabos foram suspensos e atualmente passam pelos postes, utilizando a mesma estrutura da rede elétrica.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos