Tepequém Up: corrida fomentou o turismo e movimentou a economia em Amajari

A corrida, que esteve em sua 4ª edição, contou com a participação de 422 atletas, sendo que 33% de outros estados e países

Com informações de Marcus Miranda | Foto: Jonathas Oliveira

O fim de semana foi de muita aventura e, principalmente, desafios durante a 4ª edição da corrida ‘Tepequém UP’, promovida neste último sábado, 17, na Serra do Tepequém, município de Amajari, que contou com 422 atletas que participaram da competição, sendo 33% deles de outros estados e países, fator que contribui efetivamente para o aquecimento do turismo e economia local.

A Prefeitura de Boa Vista esteve entre uma das parceiras do evento, trazendo para Roraima os ‘influencers’ Marcel Agarie e Marcos Garcia, donos do canal @maniadecorrida, um dos mais famosos do segmento.

“É uma honra apoiar esse evento que é muito mais que uma corrida, representa fortalecimento do turismo, já que muitas pessoas têm a oportunidade de conhecer Boa Vista e outros pontos do Estado, além de aquecer a economia em diversos segmentos, como hotelaria, gastronomia e transporte. Nossa cidade estará sempre pronta para receber novos visitantes”, explicou o prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique.
 

O influencer Marcos Agarie participou da prova pela primeira vez

REFERÊNCIA EM ESTRUTURA ESPORTIVA – Antes de subir a serra, os influencers tiveram a oportunidade de conhecer a Vila Olímpica Roberto Marinho, além de praças que contam com estrutura para prática de esportes, a exemplo do Complexo Ayrton Senna, com cerca de 10 quadras, pistas de cooper, ‘bicicross’ e skate, academias ao ar livre e quiosques.

“Ficamos impressionados com a estrutura esportiva que a cidade oferece para as pessoas. A Vila Olímpica totalmente equipada, conservada. O Complexo Ayton Senna com diversas modalidades esportivas. Esse incentivo é muito importante e Boa Vista está de parabéns”, disse o influenciador Marcel Agarie.

Débora Nery, de 38 anos, destacou a importância da capital dispor de espaços públicos para prática de esportes, permitindo a preparação dos atletas

No Youtube do Canal Mania de Corrida já é possível conferir um resumo desse incrível passeio: https://youtu.be/SKzItv95514. A corredora Débora Nery, de 38 anos, participou de todas as edições da Tepequém UP e destacou a importância de viver em uma cidade estruturada para o esporte. “Graças aos incentivos que as praças e outros espaços da cidade oferece, pude me preparar para esse grande evento”, falou.

“Tenho um caso de amor por Boa Vista e ter recebido o convite para correr pela primeira vez em Roraima foi maravilhoso”, disse a atleta Leci Menezes, de 64 anos

Outra corredora que não escondeu o amor por Boa Vista foi Leci Menezes, de 64 anos, que atualmente mora em Natal (RN) e há 28 anos viveu na capital boa-vistense. “Estava com muita saudade. Tenho um caso de amor por Boa Vista e ter recebido o convite para correr pela primeira vez em Roraima foi maravilhoso”, disse.
 

Atletas de Manaus também estiveram em peso na competição. Clóvis Augusto é diretor-presidente da Associação dos Grupos e Corredores de Rua do Amazonas (AGCORAM). Para ele, uma verdadeira honra participar da corrida. “Estivemos com cerca de 50 pessoas. Para nós, uma grande experiência cheia de desafios”, explicou.

Por contar com vários trechos íngremes, a corrida representa um verdadeiro desafio 

CONEXÃO COM A SERRA – A corrida, que contou com percurso de 10km, com ganho de elevação de 540m teve muita emoção, adrenalina, limites superados, lágrimas, dor e toda aquela mistura de sentimentos que fazem parte de uma competição.

“Uma prova dessas é uma experiência de vida”, disse o influencer Marcos Garcia

O influencer Marcos Garcia, falou sobre a experiência de ter corrido em Roraima. “Uma prova dessas é uma experiência de vida. A paisagem é incrível, diante de muitos desafios como clima quente e umidade. Estamos muito felizes com essa oportunidade”, contou.

O atleta venezuelano Johonny Cabeza foi quem conquistou o 1° lugar do pódio na categoria ‘Geral Masculino’

Na categoria ‘Geral Masculino’, quem levou a maior premiação foi o atleta venezuelano, Johonny Cabeza, com o tempo de 43’53’’. Já na categoria ‘Geral Feminino’, quem ficou em primeiro lugar foi Nauriene de Carvalho, com o tempo de 59’16’’.

“Conquistar o pódio para mim é importante, porém mais importante ainda é motivar outros atletas a correr cada vez melhor. Só tenho muito a agradecer”, disse Johonny.

Na categoria ‘Geral Feminino’ a atleta Nauriene Carvalho ficou em primeiro lugar, sendo ela a recordista da prova, com a conquista do título em 

O recorde masculino da Tepequém UP é de 42’11’’, feito pelo atleta PC, em 2017. Já o recorde feminino é de 58’42’’, da própria Nauriene Carvalho, conquistado em 2018. Nesta edição a atleta fez a prova 59’16”.. A competição contou com premiação em dinheiro e troféus aos três primeiros colocados das duas categorias que integram a competição. Sendo 1° lugar R$ 1.500, 2° lugar R$ 800 e 3° lugar R$ 500. Além disso, somente os corredores que concluíram a prova, receberam medalhas.

O resultado da competição já está disponível, na íntegra, na página oficial do evento – https://www.makunaima.com/tepequemup

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos