‘Prêmio Meritocracia’ reconhece prática de ensino de professores em Boa Vista

Ao todo, 112 professores da Educação Básica da Rede Municipal de Ensino tiveram suas iniciativas pedagógicas reconhecidas

Por: PMBV | Foto: Andrezza Mariot

Como forma de reconhecer iniciativas pedagógicas de sucesso, a Prefeitura de Boa Vista promoveu nesta segunda-feira, 12, a 9° edição do Prêmio Meritocracia 2022, momento em que 112 professores da Educação Básica da Rede Municipal de Ensino foram premiados.

A lista com o nome desses profissionais já está publicada no Diário Oficial n° 5671, do dia 9 de Dezembro. Além da placa de homenagem e um pin, os professores receberam prêmio em pecúnia, equivalente a uma remuneração mensal, que ser efetivado até o primeiro trimestre de 2023.

A escolha dos professores aconteceu com base em cinco categorias: Titulares de sala de aula regular; Educação Física; Arte Educador; Sala de Recurso Multifuncional; Professor Bilíngue; LIBRAS e Braille e Professor de Língua Indígena.

O prefeito Arthur Henrique falou da importância desse reconhecimento e destacou os incentivos para esses profissionais durante dois anos de gestão, visto que neste ano de 2022, o investimento chegou a R$ 310, ultrapassando o de 2021, que foi R$ 250 milhões.

“É um evento preparado com muito carinho para eles que, com muito talento e dedicação, buscam fazer a diferença na sala de aula e na vida dos alunos. Esse ano, inclusive, fizemos um investimento histórico para esses profissionais. Dentre os principais está a flexibilização da GID, abono e reajuste salarial de quase 20% e os chromebooks, que todos ganham ao ingressar na rede, auxiliando no planejamento pedagógico”, explicou.

“Chegar no final do ano, com um prêmio desse, é motivo de muita emoção e orgulho”, disse a professora Ana Carolina Brito

EMOÇÃO – A professora Ana Carolina Brito, da Escola Municipal Newton Tavares, ficou em 1° lugar em sua categoria, com o desenvolvimento de dois projetos: Unindo Gerações e Uma Geração de Escritores. Ela falou da honra em receber a premiação e destacou os desafios pós-pandemia.

“Foi um ano muito desafiador, quando de fato as atividades escolares retornaram totalmente após a pandemia. E nós, professores, demos o nosso melhor para essa readaptação, colocando os alunos no ritmo novamente. Chegar no final do ano, com um prêmio desse, é motivo de muita emoção e orgulho”, falou.

“Já recebi esse prêmio outras vezes e voltar é muito gratificante”, contou a professora Elizangela Bastos

Elizangela Bastos é professora da educação infantil, atuando na Escola Municipal Vovó Clara. Ela, que está entre um dos destaques deste ano, com o projeto ‘Lendas Regionais’, ficou muito feliz com a conquista.

“Trata-se de um projeto que permite passar às crianças um pouco sobre a nossa cultura, falando de lendas como Macunaima e auxiliando esses alunos a entenderem o contexto em que estão inseridos. Já recebi esse prêmio outras vezes e voltar é muito gratificante”, disse.

Somados os vencedores de 2022, em nove anos, 1.530 premiações já foram destinadas aos profissionais que se destacaram em cada edição. Atualmente, o município conta com mais de 3,1 mil professores e cerca de 41 mil alunos.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos