Projetos inovadores em bioeconomia poderão receber até R$ 500 mil de apoio financeiro  em Boa Vista

O IDESAM, por meio do Programa Prioritário de Bioeconomia (PPBio) promove nos dias 27 e 28, no CCTI, um evento com inscrição e programação gratuita sobre o tema

Por: PMBV | Foto: PMBV


Negócios inovadores na área de agronegócio, cosméticos e demais iniciativas que envolvem o uso sustentável do bioma Amazônico (bioeconomia), desenvolvidas em Roraima, poderão receber investimentos por meio do Programa Prioritário de Bioeconomia (PPBio), do Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (IDESAM).

Nos dias 27 e 28 a Prefeitura será parceria do evento “PPBio investe: seleção de negócios inovadores em bioeconomia”, que deve reunir representantes da área, visando escolha de projetos de startup/negócio de impacto, que propõem soluções para exploração econômica sustentável da biodiversidade da Amazônia.

O evento, que em ambos os dias acontece a partir das 14h no Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI) é gratuito e está com inscrições abertas até as 23h59 desta quarta-feira, 26. Os interessados devem acessar o link: https://bit.ly/3oHJl9y, preencher um pequeno formulário e pronto.

“É muito importante fazer investimentos no conhecimento. A ideia do PPBio é identificar pesquisadores que têm conhecimento suficiente sobre a área para converter esses conhecimentos em soluções na cadeia produtiva, sejam elas relacionadas a conexões com a comunidade ou soluções para processos produtivos ou agregação de valor”, explicou Carlos Koury, diretor técnico em bioeconomia do IDESAM.

Seleção de projetos

O grande destaque para o evento é a seleção de projetos inovadores na área de bioeconomia. No segundo dia de programação está prevista a apresentação dos projetos inscritos, que serão avaliados por uma banca, composta por representantes do IDESAM e pelo secretário municipal de Tecnologia e Inclusão Digital, Antônio Celso.

Serão dois projetos selecionados, que devem ter menos de cinco anos de criação. Os criadores podem receber apoio financeiro por meio do PPBio de até R$ 1 milhão, R$ 500 mil para cada projeto. A execução também terá o apoio da Prefeitura de Boa Vista por meio da Secretaria Municipal de Tecnologia e Inclusão Digital (SMTI) e da Agência Municipal de Empreendedorismo e Fomento (AME).

PPBIO – O Programa foi idealizado pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e coordenado pelo IDESAM com o intuito de captar recursos de investimentos obrigatórios em P&D (Lei de Informática) para geração de novos produtos, serviços e negócios para a Bioeconomia Amazônica.

Mais informações e regras para concorrer a este financiamento podem ser obtidas por meio do link: https://bioeconomia.org.br/fundraising#entrepreneur

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos