Saúde e estética: especialista de RR explica benefícios da Ozonioterapia

A técnica pode ser usada no tratamento de doenças crônicas e também tem finalidade estética, auxiliando no tratamento de celulites e gordura localizada, por exemplo

Por Isaque Santiago | Foto: arquivo pessoal

Procurada por muitos como um tratamento para celulite, gordura localizada e varizes, a Ozonioterapia tem uma lista de benefícios que vai além da estética. A terapia médica consiste em administrar o ozônio no corpo, que é um gás composto por três átomos de oxigênio, ajudando a melhorar a oxigenação dos tecidos, a aumentar a resposta do sistema imunológico a doenças infecciosas e ajuda a aliviar a dor crônica causada pela artrite reumatóide ou fibromialgia.

Em Boa Vista, a enfermeira com especialidade em dermatologia, Luana Menezes, começou a trabalhar com o procedimento após a avó dela, que é diabética, ter sofrido com uma úlcera no pé que a fez perder parte da perna.

“Me vi na necessidade de estudar mais sobre essa área para que outras pessoas não precisassem passar pelo sofrimento que minha avó passou e que, através da minha vida e dos meus conhecimentos, eu pudesse ajudar a salvar outras pessoas da amputação de membros”, afirmou Luana.

Enfermeira dermoterapeuta,
Luana Menezes
(Foto: arquivo pessoal)

O primeiro contato com a Ozonioterapia ocorreu em uma viagem para São Paulo. “Viajei para me especializar no tratamento de feridas e lá tive meu primeiro contato com a Ozonioterapia. Logo me apaixonei, pois, sem dúvidas, é um tratamento incrível e poderoso e que tem ajudado a vida de muitas pessoas”, relatou.

Luana afirmou que o ozônio melhora significativamente a oxigenação e metabolismo do corpo, tem efeitos bactericida, fungicida, viricida, além de melhorar a circulação sanguínea. “O ozônio age de forma mitocondrial, ou seja, dentro das células do nosso corpo. As mitocôndrias são responsáveis por produzir energia, desse modo, a Ozonioterapia estimula a produção de energia em todo o corpo. Isso faz com que as doenças parem de progredir e problemas de saúde secundários não surjam”, detalhou.

Ela ressaltou, ainda, que o ozônio tem alto poder anti-inflamatório e que é possível tratar feridas crônicas e infectadas, doenças inflamatórias, lesões musculares, entre outros.

Entre as doenças infecciosas e virais, o ozônio pode auxiliar no tratamento de doenças de pele como psoríase e dermatites. Também é possível tratar escaras, úlceras venosas, complicações de pós-operatório como necroses e deiscências e dores articulares decorrentes de inflamações crônicas.

“A Ozonioterapia também é muito eficiente no tratamento de enxaqueca. Além disso, contribui para o tratamento de câncer, pois melhora o sistema imunológico, diminui os efeitos colaterais do tratamento de quimioterapia e radioterapia, aumenta o vigor físico e enfraquece as células cancerosas”, disse.

Luana frisou que o procedimento, apesar de ser altamente eficaz, é um tratamento complementar, ou seja, não exclui o acompanhamento de outros profissionais, e muito menos suspender o uso das medicações de rotina do paciente.

Benefícios estéticos

Em se tratando da área da estética, a administração pela via tópica ou cutânea, diretamente na pele, tem a capacidade de ativar a circulação periférica e microcirculação, resultando na oxigenação dos tecidos e estímulo aos glóbulos vermelhos, o que melhora a aparência da pele.

“Além disso, a Ozonioterapia também pode ser utilizada para tratar celulite, gordura localizada, e pode auxiliar no tratamento de varizes. Como estimula a circulação, gera melhora no aspecto da veia varicosa”, concluiu a especialista.

2 thoughts on “Saúde e estética: especialista de RR explica benefícios da Ozonioterapia

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos