Segunda fase do concurso público da DPE-RR ocorre neste domingo (23)

Ao todo, 220 pessoas foram classificadas para a 2ª fase; aplicação das provas específicas (P2 E P3)

Por: DPR-RR | Foto: Ascom

A segunda fase das provas do concurso público da Defensoria Pública do Estado de Roraima (DPE-RR), para o ingresso na carreira de defensora e defensor público, será realizada neste domingo (23), na capital Boa Vista, no Centro Universitário Estácio da Amazônia, localizado na Rua Jornalista Humberto Silva, nº 308, bairro União.

As provas escritas específicas (P2 e P3), de caráter eliminatório e classificatório, serão realizadas em dois turnos, no período da manhã e tarde. Pela manhã, os portões estarão abertos a partir das 7h e serão fechados às 8h, à tarde, a abertura dos portões será às 14h, encerrando a entrada às 15h, horário local. O certame terá duração de 4 horas.

A Defensoria divulgou a relação das candidatas e candidatos habilitados para a prova escrita específica, que está disponível no site:  defensoria.rr.def.br/concurso-defensor. Ao todo, 220 foram classificados para a 2ª fase. 181 em ampla concorrência, 2 candidatos (as) com deficiência, 35 candidatos (as) negros (as), e 2 candidatos (as) indígenas. A maior nota na prova objetiva do concurso organizado pela banca Fundação Carlos Chagas (FCC) foi 8.2.

Os candidatos devem ler atentamente o edital nº 06/2021 e verificar o que é permitido e o que é proibido levar durante a prova. O material utilizado para consulta será vistoriado por uma equipe designada pela Defensoria Pública do Estado de Roraima.

Em todas as etapas do concurso, a DPE-RR seguirá os protocolos sanitários orientados pelas autoridades de saúde para contenção da Covid-19, visando a segurança de todas e todos os envolvidos na realização do certame.

“Estamos animados para o grande dia, claro que todo cuidado é pouco, por isso pensamos em cada detalhe, desde a higienização das mesas, cadeiras, mobílias em geral, com especial atenção para maçanetas e interruptores. Iremos disponibilizar dispensadores com álcool em gel 70% nas salas de provas, além de inserir sinalização de ocupação das carteiras para orientação quanto ao distanciamento social para todas e todos, pensamos em tudo”, destacou o defensor público-geral, Stélio Dener.

DIA DA PROVA: Os candidatos e candidatas deverão apresentar carteira de identidade ou documento oficial com foto que bem o identifique, levar caneta transparente na cor azul ou preta, além do cartão informativo, que especifica o local, data e horário de realização das provas.

Caso não receba o cartão informativo até o 3º dia que antecede a aplicação das provas, o candidato ou candidata deve entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Candidato – SAC da Fundação Carlos Chagas, pelo telefone (0XX11) 3723-4388, de segunda a sexta-feira, das 10 às 16 horas (horário de Brasília) ou consultar o site da Fundação Carlos Chagas, www.concursosfcc.com.br.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos