Tosse, febre e suor noturno: saiba como identificar sinais da tuberculose

Caracterizada pela transmissão por vias aéreas, a doença tem como forma mais comum a manifestação pulmonar, que é transmissível de uma pessoa para outra

Por: CNN Brasil | Foto: Getty Images


Apesar de ser uma enfermidade antiga, a tuberculose continua sendo um importante problema de saúde pública. No mundo, a cada ano, cerca de 10 milhões de pessoas adoecem, sendo que mais de um milhão morrem em consequência da doença.

No Brasil, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem cerca de 4,5 mil mortes em decorrência da tuberculose.

A tuberculose pode aparecer em qualquer órgão ou sistema do corpo humano, como o cérebro, os rins, ossos e a pele. A doença, caracterizada pela transmissão por vias aéreas, tem como forma mais comum a manifestação pulmonar, que é transmissível de uma pessoa para outra.

A forma extrapulmonar, que afeta outros órgãos que não o pulmão, ocorre mais frequentemente em pessoas vivendo com HIV, especialmente aquelas com comprometimento imunológico.

bactéria causadora da tuberculose, Mycobacterium tuberculosis, também conhecida como bacilo de Koch, pode permanecer no ambiente por um longo período, especialmente no contexto de casas com pouca ventilação.

Ambientes arejados e com a incidência de luz natural direta diminuem os riscos de transmissão. A etiqueta respiratória, que ficou conhecida como medida de prevenção à Covid-19, também pode ser incorporada no caso da tosse causada pela tuberculose. Cobrir a boca com o antebraço ou lenço descartável ao tossir também é uma das medidas preventivas.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos