VENCENDO O CONFLITO DE SER MULHER

Por: Cristiani Plácida | Foto: arquivo pessoal

Escuto muitas histórias de mulheres vivendo sérios conflitos internos, consequências de uma vida dedicada e comprometida a acordos ou necessidades coletivas, buscar por uma vida baseada na felicidade plena e na perfeição tão difundida nas redes sociais, isso sem falar do mito da Mulher Maravilha, que dissemina a falsa verdade que somos capazes de fazer várias coisas ao mesmo tempo, maquiadas, com roupas sensuais, salto alto e racionais.

Percebo uma sobrecarga gigantesca, desafiando a apreciação dos direitos conquistados por mulheres que defenderam e defendem a igualdade entre homens e mulheres. Calma. Não estou dizendo que sou contra o movimento feminista, estou aqui como a pulga atras da orelha que insiste em perguntar: e se? E se continuássemos como donas de casa? E se não pudéssemos votar? E se não pudéssemos ser proprietárias de qualquer bem? E se precisássemos de autorização para estudarmos? E se a igualdade trouxe mais responsabilidade do que liberdade? São muitos e se…

Os conflitos internos vividos por nós mulheres são alimentados por uma sociedade exigente, pouco empática e que define um único modelo de vida possível, aprovado e merecedor de felicidade. Nos fazendo escolher o ter e ignorar o ser, já que as emoções e sentimentos são considerados menos importantes que a razão. E como se isso não bastasse nossa aparência é mais valorizada em detrimento de todas as outras qualidades, não basta ser inteligente, disciplinada e comprometida, também precisamos ser magras, atléticas e sedutoras.

Quando assumimos uma posição de poder esperam que tenhamos um comportamento lógico, matemático e diretivo, características predominantemente masculinas. Contudo, ao chegarmos em casa, devemos ser delicadas, amorosas e atentas aos detalhes, ou seja, mais femininas. Podemos trabalhar, dividir as contas, assumir a chefia da família, mas o trabalho doméstico, o acompanhamento dos filhos na escola e no médico, continuam sendo nossa responsabilidade, já que a divisão dessas tarefas ainda é considerada por muitos como tabu.

Ser mulher nesses tempos modernos é um exercício de malabares, onde precisamos equilibrar variados e diferentes papeis sem o direito de cansar, reclamar ou desistir. E alguém, nesse momento deve estar pensando: mas foram vocês que quiseram isso. Sim, fomos nós, porque a vida que nossas ancestrais experienciavam não era nada agradável. Viver em total submissão, sem qualquer direito de escolha e sofrer diferentes tipos de violência sem pedir socorro, não me parece algo que alguém desejasse para si mesmo.

O que me proponho com esse texto é questionar, plantar sementes de dúvidas, ampliar discussão sobre as questões aqui apresentadas e quem sabe, conversamos sobre responsabilidades compartilhadas, em um almoço de domingo, feito pelas mulheres da casa, e ao final os homens pudessem lavar as louças sem que isso fosse algo extraordinário e merecedor de um diferencial competitivo na categoria de marido do ano.

E sabe o que eu realmente acredito e essa é a minha verdade, você pode e deve ter a sua também. É que nós mulheres podemos ser o que quisermos e não precisamos nos comportar como homens, deixando de lado a energia feminina. Nossos conflitos seriam menores se permitíssemos ser delicadas e sensíveis, sem a preocupação que isso fosse julgado como fraqueza, valorizar os sentimentos não é ignorância é sabedoria. Acredito que para ter a vida que sonhamos, precisamos, sobretudo, saber quem somos, valorizar nossa essência e necessidades, sem diminuir o outro e o seu jeito de viver a vida.

11 thoughts on “VENCENDO O CONFLITO DE SER MULHER

  1. Fui criada para sempre servir,ajudar e sempre apoiar e entender a todos típico da “boazinha” pq tudo podia ser mal visto ou ser mal educado, com o tempo e ganhando a minha independência mental e financeira cheguei em uma fase em que não procuro aprovação de ninguém eu olho para mim e me pergunto isso te faz feliz ? E coerente com o que você quer? Você se sente realizada ? Te trás paz e equilíbrio. Se a resposta for SIM para mim eu sigo adiante, foi um processo doloroso e confesso que longo e solitário. Mais valeu a pena, sempre tive que engolir o choro e manter a boa aparência de que tá tudo bem, mesmo não estando. Consegui realizar meus sonhos sozinhas e entendi o quanto eu sou capaz de chegar onde eu quero, tenho um bom relacionamento e um dia desejei ter alguém que goste mais de mim do que eu da pessoas pode parecer egoísta mais sempre foi um desejo meu, a lei da atração e reação e verídica e meu pedido foi atendido. Me sinto mais madura e mais “chata” aos olhos de algumas pessoas, e me questiono se ser aparentemente “chata” e você fazer o que você quer é o que te faz feliz eu sou a chatice em pessoa rsrsrs. Se eu não quero ir p um lugar simplesmente não vou,se eu quero ir p tal lugar eu vou. Estou em uma fase de processos e sempre decido o que é mais coeso e o que mais me faz feliz. Trabalho e estudo e luto diariamente para ser alguém melhor é agradeço a tudo inteiramente na minha vida mesmo sendo algo que eu pensava que poderia ser melhor eu me abraçou e agradeço porque sei que tudo e aprendizado e quero está em paz com minhas escolhas e com as minhas decisões. Aprendi também que além de sermos capazes de tudo devemos está ao lado de uma pessoa que não só goste da gente sentimentalmente mais que goste de nós auxiliar ser colo e ajudante em todas as tarefas pq onde há sobrecargas tem infelicidade. E nascemos p ser feliz amada, desejada e principalmente a desencadear o amor próprio que sem dúvidas e o melhor amor do mundo. Nossas experiências são o que há de melhor na nossa vida pois trás sabedoria e escolhas ainda estou aprendendo todo dia aprendo algo novo e estou feliz com a fase da minha vida com as escolhas e com todo os desafios que estão por vir. A algo de bom no deserto eles nos ensina a ser humana e leal com a nossa vida.

    • Tom Zé, obrigada por me encorajar, sua reação positiva sobre esse assunto mostra que seguimos avançando e homens e mulheres podem sim compartilhar a vida permitindo que cada um viva suas verdades.

      Receba meu abraço fraterno 🌻

  2. Esse texto deveria virar um livro de tão bem escrito e necessário. Cada linha escrita conversa muito com o que eu penso e sinto. Obrigada cris 🧡

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos