Corpus Christi: significado grandioso que sustenta a fé da Igreja até os dias de hoje

Padre de Roraima explica origem da festa e a importância para os católicos de celebrar este momento

Por: Bruna Cássia | Foto: reprodução

Neste 16 de junho é celebrado o Corpus Christi. Com isso, é feriado no país inteiro. Porém, a data é muito mais que um simples feriado. Ela tem significado muito especial, principalmente para a comunidade católica.

É o que explica o padre Josimar, da diocese de Roraima. “O Corpus Christi é uma festa que faz parte das tradições da Igreja Católica desde o século VIII, quando foi criada. É nesta data que celebra-se o Sacramento da Eucaristia”, detalhou.

Mas o que é isso? Bom, é a representação do Corpo e Sangue de Jesus Cristo, sendo um dos principais elementos do catolicismo. “A Igreja vive a Eucaristia e a Eucaristia faz a Igreja”, destacou.

O Padre Josimar explica, ainda, que algumas práticas da festa foram herdadas pelos portugueses durante a colonização. “E esta expressão ‘Corpus Christi’ vem do latim traduzido para o português, que significa Corpo de Cristo”, acrescentou.

MOMENTO DA EUCARISTIA

O Sacramento da Eucaristia acontece justamente fazendo uma referência a Última Ceia e a ordem de Cristo. Na última Ceia, Jesus parte o pão e dá aos discípulos. Depois, dá o vinho e diz: “Todas as vezes que fizerem isto, façam em memória de mim”.

“Nós católicos acreditamos que durante a celebração da Santa Missa ocorre algo conhecido como transubstanciação, ou seja, que após serem consagrados pelo padre, o pão de ovinho torna-se a essência na carne e no sangue de Jesus Cristo. Para nós, isso é um dado de fé”, exemplificou.

COMO É ESCOLHIDA A DATA?

O Corpus Christi é comemorado justamente 60 dias após a Páscoa, devendo ocorrer sempre num dia de quinta-feira, pois é referência à Última Ceia que ocorreu em uma quinta.

“O marco importante para se deferir a data do Corpo de Cristo é sempre o domingo da Santíssima Trindade, que acontece oito semanas após a Páscoa, então na quinta após o domingo da Santíssima Trindade é fixada a data do corpo de Cristo”, acrescentou.

Em Boa Vista, a data é celebrada com uma santa missa, procissão pelas ruas da Capital e finaliza com a Benção com o Santíssimo.

“Nesse dia tão importante também é um dia de pedir ao Senhor que tenha pão em todas as mesas. Pão da palavra, pão da justiça, pão da sinceridade, pão da comunhão, pão da libertação, pão da inclusão. Pão verdadeiramente que salva, que liberta, que cura, que abra os olhos das pessoas, que os ajude a viver intensamente o Mistério da Fé nesse tão pequeno símbolo do pão e do vinho, que tem um significado tão grandioso que sustenta a fé da Igreja até os dias de hoje”.

PADRE JOSIMAR

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos