Hemoraima convoca doadores para reforçar banco de sangue antes do carnaval

A unidade está abastecida com todos os tipos sanguíneos, mas precisa reforçar o estoque de tipagens negativas

Por: Isaque Santiago | Foto: Secom


Com a proximidade do carnaval, o Hemocentro de Roraima (Hemoraima) iniciou uma campanha de doação para reforçar o estoque do banco de sangue. Apesar de ter registrado um expressivo aumento no número de doações entre janeiro e as primeiras semanas de fevereiro, a unidade busca por mais doações, pois neste período do ano geralmente há um aumento de demanda nos serviços de urgências e emergência. 

Atualmente, o Hemoraima tem necessitado de todas as tipagens sanguíneas, em especial das de fator negativo. Os interessados em doar podem comparecer à unidade, localizada na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, próximo ao Hospital Geral de Roraima, de segunda a sexta, das 7h30 às 18h e aos sábados de 8h às 12h. 

No entanto, na segunda-feira, dia 20, a unidade abrirá as portas apenas para atendimentos pré-agendados de coleta de aféreses, procedimento em que são doadas apenas as plaquetas e o restante dos componentes do sangue retorna ao organismo do doador pelo mesmo acesso venoso. Mais informações podem ser obtidas pelo número (95) 98404-9593.

Confira o que é preciso para doar sangue

  • Estar em boas condições de saúde;
  • Ter idade entre 16 e 69 anos, sendo que os candidatos a doadores com menos de 18 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou por responsável legal;
  • Pesar no mínimo 50 kg (com desconto de vestimentas);
  • O limite de idade para a primeira doação é de 60 anos;
  • Não estar em jejum e evitar alimentação gordurosa;
  • Ter dormido pelo menos seis horas antes da doação;
  • Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação;
  • Não fumar pelo menos duas horas antes da doação;
  • Apresentar documento oficial de identidade com foto.

Confira os impedimentos temporários

  • Gripe ou febre;
  • Gestantes ou mães que amamentam bebês com menos de 12 meses;
  • Até 90 dias após aborto ou parto normal e até 180 dias após cesariana;
  • Tatuagem ou acupuntura nos últimos 12 meses;
  • Exposição à situação de risco para a aids (múltiplos parceiros sexuais, ter parceiros usuários de drogas);
  • Herpes labial.

Demais critérios que impedem a doação são verificados na entrevista de triagem.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos