Mais de 300 pessoas são atendidas em mutirão da Defensoria Pública em Caracaraí

Serviço mais procurado nos dias da ação foi de emissão da segunda via de registro civil

Com informações da Ascom DPE-RR | Foto: DPE-RR

Mais de 300 pessoas foram atendidas nos cinco dias de mutirão realizado pela Defensoria Pública do Estado de Roraima (DPE-RR) em Caracaraí, na região Sul do estado. Em média, a equipe atendeu cerca de 50 pessoas por dia.

A ação foi voltada para atendimentos na área cível e familiar, com o objetivo de zerar a demanda reprimida existente. A maior parte dos serviços solicitados foram de emissão de segunda via de certidão de nascimento e ação de alimentos. O mutirão ocorreu do dia 27 de junho ao dia 1º de julho.

Por meio da Defensoria Itinerante, a população teve acesso aos atendimentos que englobam as áreas de execução de alimentos, reconhecimento e dissolução de união estável, guarda, alvará judicial, interdição, divórcio, retificação de registros públicos, 2ª via de certidão de nascimento, informações sobre processos cíveis e criminais, e demais orientações jurídicas.

Conforme o defensor público-geral em exercício, Oleno Matos, a intenção da ação era realizar até 40 atendimentos por dia, “meta que foi alcançada com êxito”.

“Dando continuidade a um trabalho que já é realizado pela Defensoria em todo estado com a população, conseguimos alcançar  no município de Caracaraí a meta pretendida no mutirão de cinco dias. Zeramos  a demanda reprimida existente, ou seja, diminuimos a lista de espera da usuária e do usuárioque”, disse.

Mutirão civil

Também em junho, a Defensoria realizou um mutirão na sede em Boa Vista. Foram agendados mais de 600 atendimentos, com cerca de 400 serviços realizados, tanto virtual quanto presencial. A ação ocorreu do dia 20 a 23 de junho.  

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *.

Isso vai fechar em 20 segundos